sicnot

Perfil

Mundo

Bélgica planeia ilha artificial para prevenir subida do nível do mar

O governo da Flandres está a estudar a construção de uma ilha artificial ao largo da costa belga com o objetivo de limitar os efeitos das alterações climáticas nas zonas costeiras.

A eventual subida do nível do mar e as fortes tempestades são alguns dos principais receios do executivo flamengo.

Em princípio, a construção do projeto irá arrancar em 2020 e a ilha será edificada em frente ao município de Knokke-Heist para proteger a margem oriental dos 67 quilómetros da costa belga.

Antes de iniciar a construção, o governo da Flandres investiu oito milhões de euros em estudos sobre a viabilidade da futura ilha, que vai cobrir inicialmente uma superfície de 40 hectares e que ficará a 1,2 quilómetros da costa.

Um dos estudos vai tentar perceber se a ilha consegue proteger a longo prazo a região da Flandres de uma possível subida do nível do mar e de eventuais tempestades violentas que ocorrerem raramente, em geral uma vez em cada mil anos, precisou a publicação eletrónica Flanders News.

Numa segunda fase do projeto, as autoridades flamengas pretendem ampliar a superfície da ilha artificial, até 450 hectares, e converter a zona num habitat para aves locais e criar um porto.

Esta fase do projeto só seria uma realidade em 2050, de acordo com as projeções citadas pela Flanders News.

"Com este projeto, estamos a olhar para além de 2100 e estamos a preparar-nos para uma subida do nível do mar de 80 centímetros ou mais", afirmaram o ministro da Mobilidade do executivo flamengo, Ben Weyts, e o secretário de Estado para o Mar do Norte do governo federal belga, Philippe De Backer, sobre o projeto conhecido como "Baías Flamengas".

Mas, o projeto não está a ser bem recebido pelas autoridades do município de Knokke-Heist.

De acordo com a Focus TV, estação de televisão da região da Flandres, o conselho municipal de Knokke-Heist já manifestou a sua oposição ao projeto e lamentou não ter sido consultado sobre a matéria.

Lusa

  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Manifestações na Venezuela fazem 29 mortos
    1:22
  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.

  • A nova mansão de Angelina Jolie

    Mundo

    A atriz Angelina Jolie terá comprado uma mansão que pertenceu ao realizador e produtor de cinema Cecil B. DeMille. A propriedade fica situada em Los Angeles, nos Estados Unidos, e terá sido vendida pelo valor de 23 milhões de euros.