sicnot

Perfil

Mundo

Espanha investiga homicídio da sobrinha do presidente da Federação de Futebol

O chefe da Audiência Fiscal Espanhola, Javier Zaragoza, informou esta terça-feira que abriu uma investigação ao homicídio da sobrinha do presidente da Federação de Futebol, Ángel María Villar, no México.

A abertura da investigação foi confirmada à margem de um encontro com o procurador Nacional Antimáfia e Antiterrorismo de Itália, Franco Roberti, em que foi anunciada a colaboração entre os dois países contra o terrorismo, tráfico de drogas e crime organizado.

Zaragoza não quis avançar com dados relevantes sobre a investigação, uma vez que as autoridades mexicanas estão a tentar esclarecer as circunstâncias que levaram ao sequestro e ao assassinato de María Villar.

A sobrinha de Ángel María Villar, de 39 anos, foi encontrada morta em Toluca, cerca de 60 quilómetros a sudoeste da Cidade do México, a 15 de setembro, dois dias após ter sido sequestrada.

Lusa

  • "Se estivesse a governar estaria preocupado com o futuro e não só com o presente"
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • EUA negam ter declarado guerra à Coreia do Norte

    Mundo

    Os Estados Unidos negaram esta segunda-feira ter declarado guerra à Coreia do Norte e frisaram que Pyongyang não pode disparar contra os seus aviões em águas internacionais, em resposta a uma ameaça do ministro dos Negócios Estrangeiros norte-coreano.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.