sicnot

Perfil

Mundo

Partido dos Trabalhadores e ministério alvos de operação policial no Brasil

A Polícia Federal brasileira desencadeou esta terça-feira de manhã uma operação para investigar o financiamento ilegal de campanhas do Partido dos Trabalhadores (PT) e um suposto esquema de fraude em concursos e contratos no Ministério das Cidades.

A operação denominada "Hidra de Lerna" executou 16 mandados de busca, incluindo um para a sede regional do PT no Estado da Bahia e outra para os escritórios da construtora OAS, uma das empresas envolvidas nos casos de corrupção na companhia petrolífera estatal Petrobras.

Antes de iniciar as buscas, os polícias foram autorizados a desencadear a ação pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), porque um dos investigados é o atual governador do Estado da Bahia, Rui Costa.

Estão também a ser investigados os ex-ministros das Cidades, Marcio Fortes e Mario Negroponte, este do Partido Progressista (PP).

Segundo uma nota publicada pela polícia federal, a "operação seria um desdobramento de três colaborações de investigados na Operação Acrónimo, já homologadas pela Justiça e em contínuo processo de validação pela Polícia Federal. De acordo com o que foi apurado, os investigados realizavam triangulações, com o objetivo de financiar ilegalmente campanhas eleitorais".

A polícia brasileira também pesquisa se "a empreiteira [OAS] sob investigação contratava de maneira fictícia empresas do ramo de comunicação especializadas na realização de campanhas políticas. Ela remunerava serviços prestados a partidos políticos e não à empresa do ramo de construção civil".

A investigação vai ainda verificar a ocorrência de fraudes em licitações e contratos no Ministério das Cidades.

Em comunicado, o Ministério das Cidades informou que "não recebeu qualquer notificação sobre as investigações da Polícia Federal".

"Com a força desta informação, o Ministério irá avaliar a sua capacidade de estabelecer um processo disciplinar administrativo imediatamente para investigar a queixa", lê-se no comunicado.

O Ministério das Cidades destacou ainda a sua "disponibilidade para colaborar com todas as informações necessárias para garantir a eficiência e a transparência na aplicação dos recursos relacionados".

Lusa

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.

  • Crianças no Daesh - 2ª Parte
    23:43
  • Montenegro e o futuro do PSD: "Não vou pedir licença para avançar"
    1:41

    País

    Luís Montenegro admite que se achar que é a pessoa ideal para a liderança do PSD, não vai pedir licença a ninguém para avançar. Em entrevista à SIC Notícias, o ex-líder parlamentar do PSD diz que está ao lado de Passos Coelho mas sublinha que é importante que haja uma clarificação na liderança do partido.

    Entrevista SIC Notícias

  • "Estes engenheiros não tiveram formação para exercer arquitetura"
    7:00

    País

    O Parlamento aprovou esta quarta-feira as propostas do PSD e do PAN para devolver aos engenheiros a possibilidade de assinarem projetos de arquitetura. Os aquitetos discordam da medida. José Manuel Pedreirinho, presidente da Ordem dos arquitetos, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar sobre o assunto.

    Entrevista SIC Notícias

  • "Foi uma grande honra ser deputado"
    1:23

    País

    Alberto Martins vai deixar a vida política, o socialista renunciou esta quarta-feira ao cargo de deputado, que ocupava há 30 anos, com algumas interrupções. Alberto Martins desempenhou funções de ministro da Reforma do Estado no segundo Governo de António Guterres, e de ministro da Justiça no segundo Executivo liderado por josé Sócrates. O socialista vai ser substituído por Hugo Carvalho.