sicnot

Perfil

Mundo

UKIP abre inquérito a agressão entre dois dos seus eurodeputados

O eurocético Partido da Independência do Reino Unido (UKIP) anunciou hoje a abertura de um inquérito ao incidente de quinta-feira entre dois dos eurodeputados do partido que levou à hospitalização de um deles, Steven Woolfe.

"Confirmo que pedi ao presidente e ao secretário do partido que conduzam um inquérito a partir do início da próxima semana para descobrir a verdade", anunciou Nigel Farage, que assume interinamente a liderança do partido desde a demissão de Diane James.

O incidente ocorreu na quinta-feira no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, quando Woolfe caiu inconsciente, horas depois de uma altercação numa reunião de eurodeputados do UKIP.

Numa entrevista ao tabloide Daily Mail, Woolfe, 49 anos, afirmou que durante a reunião, que caracterizou como tensa, o também eurodeputado Mike Hookem, 62 anos, o agrediu fisicamente.

A tensão decorreu de Woolfe confirmar a intenção de se candidatar à liderança do partido eurocético, depois de admitir que tentou integrar as fileiras do partido conservador da primeira-ministra Theresa May, sem sucesso.

"Eu não queria andar ao murro. Disse-lhe [a Hookem] que devíamos resolver [a situação] fora da sala, porque a reunião começava a aquecer e toda a gente estava irritada, e o Mike interpretou totalmente mal o que isso significava", disse Woolfe.

"Deu-me um murro", acrescentou, afirmando que bateu com a cabeça no chão ao cair.

Mike Hookem nega esta versão, afirmando que não bateu em Woolfe e não o viu bater com a cabeça. Um amigo de Hookem disse ao jornal que a altercação entre os dois foi apenas verbal.

O presidente do Parlamento Europeu (PE), Martin Schulz, remeteu hoje o caso para o Comité Consultivo sobre a Conduta dos Deputados, considerando tratar-se de "factos extremamente graves" que o Comité deve "analisar com urgência na próxima semana".

Lusa

  • Eurodeputado britânico hospitalizado após discussão com colega

    Mundo

    O europedutado britânico Steven Woolfe do UKIP, o partido da independência do Reino Unido, foi esta manhã hospitalizado, depois de alegadamente ter sido agredido por um colega durante uma reunião no Parlamento Europeu. Um porta-voz do partido informou que o eurodeputado está "consicente e a recuperar bem".

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.