sicnot

Perfil

Mundo

Samsung suspende produção de smartphone que explode

© Kim Hong-Ji / Reuters

A sul-coreana Samsung Electronics decidiu suspender o modelo de telefone Galaxy Note 7 depois de alguns exemplares terem explodido. Segundo relatos dos utilizadores, a bateria de alguns smartphones explodiu enquanto os dispositivos estavam a carregar.

O primeiro fabricante mundial de smartphones foi obrigado a retirar este modelo do mercado a 2 de setembro e a pedir a devolução de 2,5 milhões de exemplares espalhados pelo mundo. Agora decidiu suspender mesmo a produção em fábrica depois de incidentes com os substitutos.

A 9 de outubro, a companhia de telecomunicações norte-americana AT&T e a alemã T-Mobile anunciaram que deixavam de proceder à troca dos devolvidos Galaxy Note 7 pelos novos. A empresa norte-americana - terceira cliente mundial do fabricante sul-coreano - decidiu fornecer aos proprietários deste Samsung modelos diferentes. A T-Mobile - quarto maior cliente - não porá mais à venda o Galaxy Note 7.

A Samsung confirmou o registo de 35 casos em que houve explosão dos telemóveis durante o carregamento, devido a problemas na bateria.

  • Furacão Maria deixa rasto de destruição na ilha Dominica
    1:52
  • Peritos mundiais debatem doenças neurodegenerativas em Lisboa
    3:04
  • "O Benfica é atacado e não há ninguém que fale e que dê a cara?"
    6:05
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    Depois do artigo publicado no blog "Geração Benfica", Rui Gomes da Silva reiterou esta segunda-feira, em O Dia Seguinte da SIC Notícias, algumas das críticas à estrutura do clube. O antigo vice-presidente do Benfica defendeu Luís Filipe Vieira, Rui Vitória e Nuno Gomes. E acusou novamente Rui Costa de passividade e os vice-presidentes de não darem a cara. 

  • Governo aconselha pais a fazerem queixa de manuais em mau estado
    2:31
  • Acha que este padre sabe dançar?
    2:22