sicnot

Perfil

Mundo

Secretário da Segurança do Rio de Janeiro demite-se após confrontos em favela

O secretário da Segurança do estado do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, criador do plano de pacificação das favelas, pediu esta terça-feira a demissão depois de confrontos na favela do Pavão-Pavãozinho em que morreram três pessoas.

Imagens transmitidas pelas televisões brasileiras mostraram que durante os confrontos, durante uma operação policial, de que resultaram também oito feridos, o bairro de Copacabana ficou sob fogo cruzado.

Moradores relataram em vídeos publicados nas redes socais que o medo espalhou-se para outras áreas da zona Sul do Rio de Janeiro.

José Mariano Beltrame deverá deixar o cargo de secretário da Segurança depois da segunda volta das eleições municipais, marcadas para 30 de outubro.

Oficial da Polícia Federal, José Mariano Beltrame foi o secretário de Segurança a permanecer mais tempo em funções no estado do Rio de Janeiro.

No cargo desde janeiro de 2007, Beltrame foi responsável pela implantação do projeto de Polícia Pacificadora nas principais favelas do Rio de Janeiro.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.