sicnot

Perfil

Mundo

"Os Simpsons" também previram o vencedor do Nobel da Economia e o da Química

As previsões futuristas de uma das séries de animação mais conhecidas de todos os tempos já não são novidade. Depois de terem previsto uma incursão de Trump na vida política, o aparecimento do vírus Ébola e o escândalo dos Panama Papers. Os Simpsons previram, em 2010, os vencedores do Nobel da Química e da Economia de 2016.

O episódio remonta a 2010. Lisa, Milhouse, Martin e Data fazem apostas de quem serão os vencedores do Nobel. Os nomes de Bengt Holmström e Bernhard Fering, agora premiados com os prémios Nobel da Economia e Química de 2016, são aí mencionados.

O MIT (Instituto Tecnológico de Masachusetts), onde Holmström faz as suas pesquisas, já celebrou o prémio e aproveitou para referir o facto de Milhouse já ter apostado que o professor Holmström iria ganhar um Nobel.

Aliás, há outra previsão de "Os Simpsons" a que devemos estar atentos. Em 2000, o maior conjunto de seres amarelos de todo o planeta previu uma presidência para Donald Trump. Será que "Os Simpsons" vão voltar a acertar? A resposta só será possível de saber no próximo dia 8 de novembro, data em que se realizam as eleições norte-americanas.

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.