sicnot

Perfil

Mundo

Governos pedem cada vez mais informação à Google sobre contas dos utilizadores

A Google anunciou na quarta-feira que as solicitações de informação por vários governos atingiram um recorde no semestre terminado em junho, no seguimento de um crescimento sustentado.

Os 44.943 pedidos representaram um aumento de 10% em relação aos seis meses anteriores e uma quarta subida consecutiva, adiantou a empresa no seu "relatório de transparência".

Os pedidos oficiais respeitaram a 76.713 contas de utilizadores no último período, uma diminuição face às 81.311 visadas no segundo semestre de 2015.

A Google deu alguma da informação solicitada, pelo menos em 64% dos pedidos feitos em 2016, percentagem que se manteve sem variação em relação ao anterior período reportado.

O número de solicitações ao Google tem estado a aumentar desde que a empresa começou a divulgar informações sobre transparência, em 2011.

Este conglomerado de grande dimensão garante, à semelhança de outras empresas do setor, que protege a privacidade do utilizador, quando coopera com pedidos legais feitos pelas polícias ou outras agências oficiais.

"Tal como já informámos, quando recebemos um pedido de informação sobre um utilizador, revemo-lo cuidadosamente e só fornecemos a informação dentro das dimensão e da autoridade do requisitante", afirmou, numa mensagem colocada num blogue, o diretor do departamento jurídico da Google, Richard Salgado.

No último relatório, os EUA apresentaram o maior número de pedidos - 14.169 -, dos foram satisfeitos 79%.

A Alemanha surgiu em segundo lugar, com 8.788 solicitações, seguida por França (4.300), Índia (3.452) e Reino Unido (3.302).

A Google adiantou que no período em apreço recebeu os primeiros pedidos de Argélia, Bielorrússia, Ilhas Caimão, El Salvador, Fidji e Arábia Saudita. Todos estes pedidos tiveram uma resposta negativa, garantiu a empresa, segundo o relatório.

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".