sicnot

Perfil

Mundo

Libertadas 21 raparigas do grupo raptado pelo Boko Haram em 2014

© Afolabi Sotunde / Reuters

Um grupo de 21 raparigas raptadas pelo Boko Haram em 2014 foi hoje libertado, anunciou uma fonte oficial do Governo da Nigéria. O grupo radical islâmico raptou mais de 270 raparigas alunas de uma escola na cidade de Chibok. O rapto tem sido alvo de condenação internacional.

A campanha pela libertação das jovens raptadas pelo Boko Haram teve um alcance global, com a ajuda das redes sociais e do hashtag #BringBackOurGirls (Tragam as nossas raparigas de volta).

As jovens foram "trocadas por quatro prisioneiros do Boko Haram esta manhã", na região de Banki, na fronteira com os Camarões, confirmou uma fonte local à agência France Presse.

A fonte que anunciou hoje a libertação de 21 raparigas do grupo raptado pelo Boko Haram quis manter o anonimato e o Governo nigeriano não divulgou ainda qualquer comunicado com esta informação.

No total, o Boko Haram raptou 276 estudantes de uma escola em Chibok na noite de 14 de abril de 2014, tendo 57 conseguido fugir pouco tempo depois.

Segundo os jihadistas, dezenas das raparigas raptadas já morreram em consequência de bombardeamentos governamentais.

Boko Haram divulga vídeo com raparigas raptadas em 2014

(Agosto de 2016)

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.