sicnot

Perfil

Mundo

Pentágono prepara-se para novos ataques no Iémen

O Pentágono prepara-se para possíveis novos ataques no Iémen, depois de mísseis norte-americanos terem atingido alvos dos rebeldes houthis, mas as autoridades garantiram que os Estados Unidos querem evitar envolver-se numa outra guerra.

A Marinha norte-americana lançou cinco mísseis de cruzeiro Tomahawk em três locais de radares móveis em território controlado pelos houthis na costa do Mar Vermelho, depois de os rebeldes apoiados pelo Irão terem atingido um navio de guerra dos EUA, o USS Mason, por duas vezes em quatro dias.

Os militares insistem que estas ações são tomadas em autodefesa.

Os Estados Unidos garantem apoio logístico à coligação, dirigida pela Arábia Saudita, que combate os rebeldes, mas o bombardeamento de hoje foi a primeira vez que Washington tomou ações diretas contra os houthis.

O porta-voz do Pentágono, Peter Cook, afirmou que isto não é um prelúdio de uma nova campanha na região, onde os Estados Unidos estão envolvidos, de alguma forma, em conflitos no Afeganistão, Iraque, Líbia e Síria.

"Não procuramos um papel mais vasto no conflito", disse Cook, acrescentando: "Trata-se de proteger os nossos homens, ponto final".

Também a Casa Branca garantiu que os Estados Unidos não estão a aumentar o papel militar.

"Isto não é qualquer envolvimento na situação sectária no terreno no Iémen", disse o porta-voz da Casa Branca, Eric Schultz.

Os rebeldes xiitas houthis negaram ter realizado os ataques, afirmando que as acusações norte-americanas "não têm fundamento".

Lusa

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • China descobre nova mutação do vírus H7N9

    Mundo

    A China descobriu uma nova mutação do vírus H7N9, considerada a mais mortífera das estirpes que causam a gripe das aves, sobretudo para aves vivas, não representando nova ameaça para os seres-humanos, informou hoje a imprensa estatal.

  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.

  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.