sicnot

Perfil

Mundo

Há uma coleira que lê as emoções dos cães

Um biólogo japonês desenvolveu uma coleira que muda de cor dependendo do humor do cão. A coleira Inupathy recorre ao ritmo cardíaco do animal e mostra se está calmo, feliz ou concentrado. Pode também ser usada pelos proprietários para aprenderem a agir em ambientes de stress.

Aqueles que gostam de cães e estão habituados a lidar com eles, são capazes de interpretar alguns sinais e perceber as reações do animal. Mas se esse não é o seu caso, a coleira Inupathy pode muito bem ser a solução para os seus problemas. Muitas pessoas evitam certos cães por medo e por desconhecerem o que estão a sentir. Com este dispositivo já pode colocar o medo de lado.

Joji Yamaguchi, cocriador da coleira, diz que inventou o dispositivo porque sentia necessidade de obter uma melhor compreensão das emoções do seu cão. Desta forma seria mais fácil satisfazer as necessidades do amigo de quatro patas.

O Inupathy pode ser usado em cães de praticamente todos os tamanhos, dos 4kg aos 40kg e a bateria dura entre quatro a oito horas, dependendo da utilização.

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".