sicnot

Perfil

Mundo

Há uma coleira que lê as emoções dos cães

Um biolólogo japonês desenvolveu uma coleira que muda de cor dependendo do humor do cão. A coleira Inupathy recorre ao ritmo cardíaco do animal e mostra se está calmo, feliz ou concentrado. Pode também ser usada pelos proprietários para aprenderem a agir em ambientes de stress.

Aqueles que gostam de cães e estão habituados a lidar com eles, são capazes de interpretar alguns sinais e perceber as reações do animal. Mas se esse não é o seu caso, a coleira Inupathy pode muito bem ser a solução para os seus problemas. Muitas pessoas evitam certos cães por medo e por desconhecerem o que estão a sentir. Com este dispositivo já pode colocar o medo de lado.

Joji Yamaguchi, cocriador da coleira, diz que inventou o dispositivo porque sentia necessidade de obter uma melhor compreensão das emoções do seu cão. Desta forma seria mais fácil satisfazer as necessidades do amigo de quatro patas.

O Inupathy pode ser usado em cães de praticamente todos os tamanhos, dos 4kg aos 40kg e a bateria dura entre quatro a oito horas, dependendo da utilização.

  • "Ainda falta muito em termos de estudo"
    3:51

    Opinião

    Uma equipa internacional de astrónomos, detetou, fora do Sistema Solar, sete planetas semelhantes à Terra, onde a água poderá existir em estado líquido. O anúncio foi feito esta quarta-feira pela NASA. Pedro Machado, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, esteve na Edição da Tarde para falar sobre esta descoberta.

  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.