sicnot

Perfil

Mundo

Reclusos usaram escovas de dentes para ferir guardas durante fuga em Bissau

(Arquivo)

© Goran Tomasevic / Reuters

Um grupo de 24 homens que no domingo fugiu de um centro de detenção da Polícia Judiciária da Guiné-Bissau usou escovas de dentes afiadas para ferir os guardas, anunciou esta segunda-feira o Ministério da Justiça em comunicado.

"Um grupo de 50 prisioneiros com escovas de dentes bem afiadas conseguiu ferir alguns guardas e 24 puseram-se em fuga", aproveitando o horário de visitas de familiares.

Um dele morreu durante a fuga, depois de tentar subir a uma parede da qual caiu, e os outros 23 continuam a monte, acrescentou.

O caso deu-se no centro de detenção do Bandim, em Bissau, um espaço profundamente degradado, mas cujas obras de requalificação têm sido sucessivamente adiadas.

Entre os homens em fuga estão alguns dos que assaltaram um banco à mão armada, em Bissau, a 13 de março, roubando o equivalente a 14 mil euros, disse à Lusa fonte policial.

Na altura em que foram capturados, a Polícia Judiciária apontou-os como "dos mais perigosos" no país e que já tinham sido responsáveis por outros assaltos a postos de combustível, supermercados, lojas e a um outro banco.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.