sicnot

Perfil

Mundo

Ministro da Justiça brasileiro diz que o país prende muito mas mal

© Adriano Machado / Reuters

O ministro da Justiça brasileiro, Alexandre de Moraes, disse esta terça-feira, em Brasília, que o país "historicamente, prende muito, mas prende mal", defendendo mudanças legislativas para desafogar o sistema prisional, que tem sofrido rebeliões dos detidos.

"O Brasil prende quantitativamente, mas não prende qualitativamente. A mesma pessoa que pula um muro para furtar uma botija de gás vai para a cadeia, é pena privativa de liberdade. E alguém que, com um fuzil, rouba uma pessoa, dá um tiro, e tem uma perigosidade muito maior, também tem pena privativa de liberdade", comentou, citado pela imprensa brasileira.

O governante, que prepara uma proposta legislativa para enviar ao Congresso, defendeu penas mais severas para crimes graves e mais leves para infrações sem violência.

O ministro quer que "aqueles que utilizaram de violência, grave ameaça, criminalidade organizada cumpram, no mínimo, metade da pena em regime fechado".

Já "quem praticou crime sem violência ou grave ameaça deve ter uma pena de prestação de serviços à comunidade, restrições, deve ter uma sanção, mas não há necessidade de ele ser encarcerado", considerou.

Atualmente, de acordo com Alexandre de Moraes, mais de metade dos detidos nas cadeias não cometeram crimes graves.

Numa altura em que o Brasil testemunha vários incidentes prisionais, como rebeliões e fugas em massa, o ministro respondeu aos jornalistas não ter conhecimento de que se trate de algo orquestrado a nível nacional por razões políticas.

Apesar de a questão da segurança das cadeias estar nas mãos dos governos estaduais, a tutela está a prestar apoio, adiantou.

Lusa

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC