sicnot

Perfil

Mundo

Priyanka Chopra pede desculpa por capa de revista que "insulta" refugiados

A popular atriz de Bollywood Priyanka Chopra veio pedir desculpas pela capa da versão indiana da revista Cond Nast Traveller de outubro. A atriz surge de top branco com as palavras "Refugiado", "Imigrante", "Forasteiro" riscadas a vermelho, ficando apenas a palavra "Viajante". A fotografia originou uma onda de críticas por ser considerada um insulto aos refugiados.

A capa foi divulgada pela própria atriz, no Twitter, e originou de imediato uma onda de indignação na Índia, com muitas críticas de "insensibilidade" face ao drama atual da população síria.

"Peço as mais sinceras desculpas a quem magoei. Sempre fui contra rótulos. Estou muito afetada e sinto-me péssima, mas a mensagem foi desconstruída" do contexto que se pretendia, assumiu a ex-Miss Mundo, de 34 anos, em declarações à televisão indiana NDTV.

A Cond Nast Traveller, por sua vez, emitiu um comunicado no qual tenta explicar a intenção da fotografia usada na capa.

"Temos de reconhecer que estamos todos numa viagem. Estejamos a atravessar oceanos ou apenas a fazer alguns quilómetros, ou fechando os olhos para um mundo totalmente diferente, seja por opção ou por força das circunstâncias - somos todos viajantes", afirma.

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC