sicnot

Perfil

Mundo

Priyanka Chopra pede desculpa por capa de revista que "insulta" refugiados

A popular atriz de Bollywood Priyanka Chopra veio pedir desculpas pela capa da versão indiana da revista Cond Nast Traveller de outubro. A atriz surge de top branco com as palavras "Refugiado", "Imigrante", "Forasteiro" riscadas a vermelho, ficando apenas a palavra "Viajante". A fotografia originou uma onda de críticas por ser considerada um insulto aos refugiados.

A capa foi divulgada pela própria atriz, no Twitter, e originou de imediato uma onda de indignação na Índia, com muitas críticas de "insensibilidade" face ao drama atual da população síria.

"Peço as mais sinceras desculpas a quem magoei. Sempre fui contra rótulos. Estou muito afetada e sinto-me péssima, mas a mensagem foi desconstruída" do contexto que se pretendia, assumiu a ex-Miss Mundo, de 34 anos, em declarações à televisão indiana NDTV.

A Cond Nast Traveller, por sua vez, emitiu um comunicado no qual tenta explicar a intenção da fotografia usada na capa.

"Temos de reconhecer que estamos todos numa viagem. Estejamos a atravessar oceanos ou apenas a fazer alguns quilómetros, ou fechando os olhos para um mundo totalmente diferente, seja por opção ou por força das circunstâncias - somos todos viajantes", afirma.

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.