sicnot

Perfil

Mundo

Segurança de Brad e Angelina conta momentos íntimos da família

Mark Billingham passou 27 anos no Serviço Aéreo Especial (SAS) do Reino Unido, lutou no Iraque e recebeu uma comenda da rainha pela sua bravura ao capturar um sniper do Exército Republicano Irlandês, usando-o a si próprio como isco. Durante 18 meses, foi segurança do casal Angelina Jolie e Brad Pitt. Numa entrevista ao The Sun, o militar confessou que era mais do que um simples segurança. Garante que tomava conta não só dos filhos mas, por vezes, dos pais também.

Mark trabalhou com o casal durante 18 meses, acabando por tornar-se muito próximo dos filhos. O militar agora entrou no mundo da televisão com um programa que consiste em deixar 25 civis na selva do Equador, fazendo-os passar pelos testes do SAS.

Em entrevista, Mark disse que "Brad não iria durar muito, porque ele não teria o creme para por na casa" e que "Angie conseguiria e provavelmente chegaria ao fim".

Foram as suas credenciais que levaram o casal a empregar o militar.

Jackson Lee/Ahmad Elatab/Splash

Trabalhar com as estrelas de Hollywood fez com que Mark se aproximasse dos seis filhos do casal - Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, Knox e Vivienne -, sendo um dos únicos seguranças em que os pais confiavam para estar à volta dos filhos. "A Angie e o Brad preocupam-se muito com quem se aproxima dos seus filhos", admitiu o militar ao The Sun.

"Nós aproximamo-nos e eu acabei por ir viver com eles. Eu podia levar as crianças para onde quisesse e quando quisesse. Mais ninguém estava autorizado a fazer isso. Mesmo quando eu trazia companhia, eles não deixavam essas pessoas estar perto dos filhos. Podiam olhar à distância, mas não podiam tocar nas crianças."

Segundo o segurança, ele levava-os a nadar e diz mesmo que fazia o papel de pai.

\302\2512007 RAMEY PHOTO 310-828-3445

Proteger celebridades dos fãs requer muito planeamento e Brad descobriu que não era apenas isso que tinha de fazer, mas também proteger a imagem deles. O militar admite que andava com várias mudas de roupa para o casal, no caso das que tinham vestido se sujassem ou se amarrotassem.

O que mais surpreendeu ao militar foi a falta de senso comum do casal. "Eu achava estranho quando o Brad ou a Angie me perguntavam "Como é que vou àquele bar" ou "O que preciso de fazer para ir lá'".

Para além de garantir a segurança do casal e dos filhos, Mark também se divertia com a família. Na entrevista, o segurança lembrou um episódio no aniversário de Angelina Jolie: estavam todos dentro do carro, quando Brad Pitt fechou as janelas, trancou as portas e "descuidou-se" lá dentro, não deixando ninguém sair.

Simon Earl/Mark Raishbrook/Splas

Contudo, o trabalho ocupava a maior parte do seu tempo, deixando-o meses e meses sem conseguir ver os próprios filhos.

"Eu nunca tive uma vida privada. Estava cansado. Perdi a direção na vida da minha própria família."

Nos 18 meses em que trabalhou com a família, só conseguiu ir a casa em seis semanas. Acabou por desistir do emprego a tempo inteiro para se focar na sua família. De vez em quando ainda trabalha para o casal, mas nada como antes.

Splash

  • Brad Pitt e Angelina Jolie. Quem fica com o quê?
    1:48

    Cultura

    Brad Pitt e Angelina Jolie têm de resolver como dividem o dinheiro e a guarda dos filhos. As quantias são elevadas, a fortuna de Brad rondará os 240 milhões de dólares e a de Angelina os 200 milhões. Para já, há algumas exigências: Angelina Jolie pede a guarda total dos filhos mas já informou o tribunal que deseja as visitas do pai.

  • "Estou muito triste, mas o mais importante é o bem-estar dos nossos filhos"
    1:46

    Cultura

    Angelina Jolie e Brad Pitt vão divorciar-se. A atriz e realizadora pediu o divórcio, depois de 12 anos de vida em comum. Brad Pitt reagiu ao pedido de divórcio depois da confirmação do advogado de Angelina Jolie. "Estou muito triste, mas o mais importante é o bem-estar dos nossos filhos", escreveu Brad Pitt num comunicado enviado à revista People. O ator pede ainda "privacidade para a família".

  • Morreu o vocalista da banda Linkin Park

    Cultura

    Um dos vocalistas da banda de metal alternativo Linkin Park, Chester Bennington, morreu, em casa, numa cidade do condado de Los Angeles, aos 41 anos. Chester Bennington ter-se-á suicidado, de acordo com a plataforma TMZ. O músico juntou-se aos Linkin Park em 1999, três anos após a formação da banda, que editou o seu álbum de estreia, "Hybrid Theory", em 2000. O disco, do qual fazem parte temas como "In the End", "Crawling" e "One Step Closer", vendeu dez milhões de cópias só nos Estados Unidos.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.