sicnot

Perfil

Mundo

Seis detidos na Turquia após incêndio que causou 12 mortos

AP

Seis pessoas foram hoje detidas na sequência de um incêndio que fez pelo menos 12 mortos num dormitório de meninas no sul da Turquia, informou a agência de notícias pró-governamental Anadolu.

As seis pessoas, entre as quais o responsável do internato, foram detidas no âmbito do inquérito ao incêndio que, na noite de terça para quarta-feira, matou 11 meninas e uma funcionária do lar em Aladag, na província de Adana, acrescentou a Anadolu.

Uma fonte citada pela agência Associated Press disse que a saída de emergência do dormitório estaria fechada.

Também o presidente da Câmara de Adana, Huseyin Sozlu, disse à Anadolu que, ou a porta de emergência estava fechada, ou as alunas, em pânico, não conseguiram abri-la.

"O mais provável é que estivesse fechada", disse.

O fogo, que terá tido origem numa falha elétrica, alastrou-se pelo edifício de três andares, onde dormiam alunas do ensino básico, e fez dois feridos, além dos 12 mortos.

Entretanto, as autoridades turcas impuseram um bloqueio informativo temporário, que impede a cobertura jornalística do incêndio, medida que justificaram com preocupações com a ordem pública e com o risco de prejuízo para a investigação.

Lusa

  • Incêndio de grandes proporções causa 12 mortos na Turquia
    0:52

    Mundo

    Um incêndio de grandes proporções fez esta terça-feira pelo menos 12 mortos, na Turquia. São imagens impressionantes estas de um vídeo que a televisão turca divulgou e em que é possível ver chamas altas a sair pela cobertura do prédio. O edifício onde funcionava um dormitório feminino, situado na província de Adana, no sul do país. As vítimas mortais são 11 adolescentes e uma funcionária. Há ainda 22 raparigas feridas.

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • Detido antigo diretor regional do BES na Madeira

    Queda do BES

    Foi detido o antigo diretor do Banco Espírito Santo da Madeira, no âmbito do chamado processo ao Universo GES. João Alexandre Silva tinha sido também o representante do BES na Venezuela, onde a instituição portuguesa abriu várias agências em diversas cidades e tinha cerca de 7600 clientes domiciliados.

    Notícia SIC

  • Couves, arroz integral e bróculos biológicos com pesticidas sintéticos
    2:29
  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".