sicnot

Perfil

Mundo

Obama oferece a Merkel toda a ajuda dos EUA para investigar atentado em Berlim

© Jonathan Ernst / Reuters

O Presidente norte-americano, Barack Obama, ofereceu esta terça-feira à chanceler alemã, Angela Merkel, todo o apoio dos Estados Unidos para investigar o atentado terrorista de segunda-feira em Berlim, no qual morreram 12 pessoas.

Em comunicado, o Governo alemão informou que Obama deu as condolências a Merkel pelo ataque contra um dos mercados de Natal do centro da capital, Berlim, no qual um camião atropelou dezenas de pessoas, matando 12 delas e ferindo outras 48.

No telefonema a Merkel, Obama pediu à chanceler que desse os seus pêsames aos familiares das vítimas e desejou uma rápida recuperação aos feridos.

Numa declaração oficial já esta terça-feira, Merkel confirmou que tudo aponta para um atentado terrorista e rejeitou a ideia de o povo alemão viver "paralisado pelo medo ao mal" na sequência de um ataque que considerou "especialmente repugnante" caso se confirme que foi cometido por uma pessoa que pediu asilo na Alemanha.

Lusa

  • Fogo reaproxima-se do Parque Empresarial de Proença-a-Nova

    País

    Um reacendimento próximo do Parque Empresarial de Proença-a-Nova (PEPA) é esta quarta-feira à tarde a situação mais complicada do fogo que lavra no concelho e no local já estão concentrados meios de combate, disse à Lusa o presidente da Câmara.

  • Sócrates diz que Direita quis impedi-lo de candidatura presidencial

    País

    O ex-primeiro-ministro José Sócrates reiterou esta quarta-feira, em declarações aos correspondentes estrangeiros em Portugal, que o processo judicial em que está envolvido resulta de uma campanha orquestrada pela direita para evitar a sua candidatura a Presidente da República.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • Dia dos Avós nasceu em Penafiel
    1:48

    País

    O Dia dos Avós, que hoje se assinala, nasceu por iniciativa de uma habitante de Penafiel. A data foi celebrada no parque da cidade, com centenas de avós.

  • Trump proíbe transgéneros no exército norte-americano

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quarta-feira que as pessoas transgénero não podem servir no exército dos Estados Unidos, justificando a decisão com os "custos médicos enormes" e as perturbações que tal situação envolve.

  • Oposição tenta travar eleição da nova Assembleia Constituinte na Venezuela
    2:14