sicnot

Perfil

Mundo

Manifestação em Tunes contra regresso de jihadistas à Tunísia

Centenas de pessoas manifestaram-se hoje junto ao parlamento de Tunes para protestar contra o regresso de jihadistas tunisinos que abandonam a Síria, o Iraque e a Líbia, noticiou a agência Efe.

Os manifestantes exibiam bandeiras nacionais e cartazes com frases contra o terrorismo.

O ministro do Interior, Hedi Majdoud, que anunciou na sexta-feira o regresso de 800 jihadistas de cenários de conflito, afirmou que o seu ministério dispõe de todos os dados necessários sobre os que estão envolvidos no terreno.

Depois de os atentados de Nice e de Berlim terem sido perpetrados por indivíduos de nacionalidade tunisina, tem havido um amplo debate sobre a necessidade de aplicar a lei antiterrorista.

Na sexta-feira chegou a Tunes, depois de ter sido extraditado, o jihadista'Moez Fazzani, alegadamente envolvido em atentados terroristas, como o ataque ao Museu do Bardo, que provocou a morte de dezenas de turistas no ano passado.

Fazzani foi entregue pelas autoridades sudanesas, de acordo com um porta-voz judicial.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.