sicnot

Perfil

Mundo

Manifestação em Tunes contra regresso de jihadistas à Tunísia

Centenas de pessoas manifestaram-se hoje junto ao parlamento de Tunes para protestar contra o regresso de jihadistas tunisinos que abandonam a Síria, o Iraque e a Líbia, noticiou a agência Efe.

Os manifestantes exibiam bandeiras nacionais e cartazes com frases contra o terrorismo.

O ministro do Interior, Hedi Majdoud, que anunciou na sexta-feira o regresso de 800 jihadistas de cenários de conflito, afirmou que o seu ministério dispõe de todos os dados necessários sobre os que estão envolvidos no terreno.

Depois de os atentados de Nice e de Berlim terem sido perpetrados por indivíduos de nacionalidade tunisina, tem havido um amplo debate sobre a necessidade de aplicar a lei antiterrorista.

Na sexta-feira chegou a Tunes, depois de ter sido extraditado, o jihadista'Moez Fazzani, alegadamente envolvido em atentados terroristas, como o ataque ao Museu do Bardo, que provocou a morte de dezenas de turistas no ano passado.

Fazzani foi entregue pelas autoridades sudanesas, de acordo com um porta-voz judicial.

Lusa

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.