sicnot

Perfil

Mundo

Daesh reivindica atentados em Bagdade

O Daesh reivindicou a autoria do duplo atentado realizado este sábado em Bagdade por dois suicidas e que causou 27 mortos e 53 feridos.

Num comunicado divulgado na Internet e cuja autenticidade não pode ser confirmada, o grupo identifica os dois suicidas como Abu Nayaf al-Iraqui e Abu Abdelmalek al-Iraqui.

O Daesh indica que os dois atacantes levavam cintos explosivos, que detonaram quando se encontravam num mercado no bairro de Al-Sinek, em pleno centro de Bagdade.

Na nota, o grupo sunita ameaça continuar os ataques contra os muçulmanos xiitas, que denomina de "renegados".

O último atentado de grande dimensão em Bagdade ocorreu em meados de outubro, quando um bombista suicida se fez explodir numa cerimónia de condolências num bairro xiita, matando pelo menos 34 pessoas.

Os jihadistas do Daesh realizaram numerosos atentados no Iraque, incluindo na capital, desde o início da grande ofensiva das forças governamentais para expulsar os extremistas de Mossul, o seu principal bastião no país.

Com Lusa

  • "O PSD não é o bombeiro de serviço desta geringonça"
    1:09

    TSU

    O líder da bancada social-democrata avisa os partidos da esquerda para que tenham o caso da TSU como exemplo e não voltem a usar o PSD como muleta em situações em que não estejam de acordo com o Governo, como pode vir a acontecer com as PPP no setor da saúde. Luís Montenegro foi entrevistado esta manhã na SIC Notícias.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.