sicnot

Perfil

Mundo

Trump deseja feliz Ano Novo a todos, incluindo aos seus "muitos inimigos"

3º lugar - Donald Trump

© Lucas Jackson / Reuters

O presidente eleito dos Estados Unidos da América, Donald Trump, desejou este sábado um feliz Ano Novo, estendendo o desejo mesmo aos seus "muitos inimigos".

Trump, que assumirá a presidência dos Estados Unidos a 20 de janeiro, transmitiu estes desejos através da rede social Twitter, que usa frequentemente para passar mensagens.

"Feliz Ano Novo a todos, incluindo aos meus muitos inimigos e aos que se bateram contra mim e perderam", escreveu Donald Trump, acrescentando que os seus oponentes não sabem agora "o que fazer".

O futuro presidente dos Estados Unidos termina a mensagem com a palavra "amor".

Trump vai passar a passagem de ano de 2016 para 2017 na sua propriedade Mar-a-Lago Club em Palm Beach, no estado norte-americano da Florida, numa festa privada com centenas de convidados, incluindo o ator Sylvester Stallone.

Depois de nas eleições presidenciais de novembro ter vencido contra a democrata Hillary Clinton, Trump está a três semanas de tomar as rédeas de um país dividido.

Lusa

  • Putin recusa expulsar diplomatas dos EUA e aguarda pela posse de Trump
    2:16

    Mundo

    A Rússia não vai expulsar nenhum diplomata dos Estados Unidos, em retaliação pela expulsão de 35 russos por alegada interferência nas presidenciais norte-americanas. A sugestão chegou a ser feita pelo chefe da diplomacia russa, mas foi recusada por Vladimir Putin, que prefere esperar pela posse de Donald Trump.

  • "Trump já vai dever um favor a Putin"
    0:43

    Mundo

    Luís Costa Ribas diz que Donald Trump quer ser amigo de Putin e não apoia as sanções dos Estados Unidos à Russia. O correspondente da SIC diz ainda que quando Trump chegar à Casa Branca já vai estar em dívida com a Rússia.

  • Ronaldo dispensado da seleção para ir conhecer os filhos

    Taça das Confederações

    A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou em comunicado que Cristiano Ronaldo foi dispensado da Taça das Confederações "para que possa conhecer os seus filhos". Numa mensagem no Facebook, o jogador mostrou-se sensibilizado com a decisão da Federação, acrescentando ainda que está "muito feliz por poder, finalmente, estar com os (...) filhos pela primeira vez".

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25
  • A fábrica de caças na base aérea de Monte Real
    3:35