sicnot

Perfil

Mundo

Detidas 70 pessoas no Irão por "espionagem"

© Caren Firouz / Reuters

Estão presas 70 pessoas por "espionagem" em Teerão, afirmou o procurador-geral da cidade, segundo a Mizanonline, a agência de notícias dependente da autoridade judiciária iraniana.

"Os 70 condenados por espionagem que cumprem as suas penas nas prisões de Teerão (...) transmitiram aos inimigos informações do país em diferentes domínios, nomeadamente nuclear, político, social e cultural", disse na terça-feira à noite o procurador-geral, Abbas Jafari Dolatabadi.

O procurador não precisou a identidade dos condenados nem a duração das penas, além de também não ter divulgado o nome dos países "inimigos" aos quais alegadamente foram fornecidas as informações.

Esta é a primeira vez que a autoridade judiciária iraniana revelou um número tão elevado de pessoas condenadas por espionagem.

A 18 de outubro, o procurador-geral de Teerão tinha afirmado que seis pessoas tinham sido condenadas a dez anos de prisão por "espionagem" em benefício dos Estados Unidos.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06