sicnot

Perfil

Mundo

Praticante de parkour morre no metro de Paris

O inglês Nye Frankie Newman - conhecido pelas suas exibições de parkour - morreu no passado domingo, num acidente no metro de Paris. Os detalhes da morte do jovem de 17 anos não foram revelados, mas os seus colegas garantem que ele não estava a praticar parkour.

A morte do jovem foi confirmada pelo grupo de parkour Brewman, de Surrey, em Inglaterra, a partir da sua conta no Facebook. Newman pertencia ao grupo, que acabou por fazer uma homenagem ao jovem, dizendo que "ele era o tipo de pessoa que não tinha arrependimentos e vivia cada dia como se fosse o último".

Na sua última publicação nas redes sociais, Newman fez uma lista dos países que visitou em 2016, por causa do parkour: Grécia, Marrocos, Espanha, França, República Checa, Suíça, Irlanda do Norte, Alemanha, Dinamarca, Itália, Finlândia, China, Filipinas, Hong Kong e Holanda.

No perfil do grupo é possível ver fotografias do jovem em vários desses locais. Em algumas, Newman aparece à beira de pontos altos e aparentemente muito perigosos.

Contudo, o comunicado sobre a morte de Newman nega que o jovem estivesse a praticar parkour quando morreu.

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14