sicnot

Perfil

Mundo

Presidente do Brasil lamenta novo massacre em prisão de Roraima

© Ueslei Marcelino / Reuters

O Presidente do Brasil, Michel Temer, lamentou o novo massacre ocorrido numa penitenciária do país esta sexta-feira, no estado de Roraima, que terminou com 31 presos mortos.

"Michel Temer lamentou o episódio e solidarizou-se com o povo do Estado [de Roraima]', informou um comunicado público divulgado pelo Palácio do Planalto.

O Governo brasileiro também disse que "colocou todos os meios federais à disposição para auxiliar em ações de segurança pública, após a morte de mais de 30 presos na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo".

Em menos de uma semana 93 mortes foram registadas dentro dos presídios da região norte e nordeste do Brasil.

Destes, 60 presos foram assassinados em duas cadeias do Amazonas, 31 em Roraima e outros 2 no estado nordestino da Paraíba.

O Governo federal lançou na última quinta-feira um plano de segurança nacional que prevê a construção de novas cadeias, mas não há expetativa de que a iniciativa irá conter no curto prazo a superlotação nem a guerra entre membros de facções criminosas que controlam o tráfico de drogas e as prisões do Brasil.

Lusa

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05