sicnot

Perfil

Mundo

Dois luso-descendentes na lista dos mais poderosos de Washington

Os luso-descendentes Devin Nunes, líder do Comité dos Serviços de Informação da Câmara dos Representantes, e David Simas, diretor-executivo da Fundação Obama, estão na lista dos 30 mais poderosos de Washington, capital política dos EUA.

Devin Nunes

Devin Nunes

© / Reuters

A lista anual, chamada de "Playbook Power List" e organizada pelo portal da Internet Politico, foi divulgada esta quinta-feira e coloca Devin Nunes no 20.º lugar e David Simas em 27.º.

"Nunes já mostrou a sua força a Trump, vendendo de forma bem sucedida o congressista Mike Pompeo (Republicano do Kansas) para o cargo de diretor da CIA. O presidente do Comité dos Serviços de Informação vai ser um aliado importante em assuntos de política internacional", diz o Politico sobre o republicano.

Nunes, de 43 anos, que é eleito por um distrito da Califórnia desde 2003, quando se tornou um dos mais jovens congressistas de sempre, recusou um cargo na administração Trump para continuar na Câmara dos Representantes.

"Como o congressista de mais alto ranking nos serviços de informação, Nunes vai supervisionar todas as agências e os seus orçamentos. E tem uma linha direta para Trump", explica o Politico, acrescentando que o neto de açorianos "tem alinhado com Trump em relação ao hacking russo, dizendo publicamente que não havia evidência de que o Kremlin tinha tentado influenciar a eleição de 2016".

"Agora, Trump pediu-lhe que investigasse quem é que passou os relatórios dos serviços de informação para o NBC", conclui.

Em relação a David Simas, o Politico nota que "um dos elementos mais duradouros de uma administração é o seu centro presidencial" e que o filho de portugueses, que até ao final do ano era diretor do gabinete político da Casa Branca, "vai trabalhar para construir e manter o legado de Obama depois de 20 de janeiro".

No final de dezembro, foi anunciado que Simas seria o diretor-executivo da Fundação Obama, que terá a sede em Chicago, terra natal de Barack Obama e onde lançou a sua carreira política.

"É uma missão dura: Simas vai ter de angariar muito dinheiro, fazer muito planeamento e, de uma forma geral, manter a pós-presidência de Obama nos eixos. Politicamente, vai ser o porteiro que dá acesso ao Presidente, que prometeu continuar em campo após os seus dias na Casa Branca", analisam os jornalistas do portal.

David Simas e Barack Obama

David Simas e Barack Obama

© / Reuters

A lista é liderada por Jonathan Burks, Brendan Buck, Kevin Seifert e Joyce Meyer, respetivamente chefe de gabinete, conselheiro principal, diretor político e chefe de gabinete adjunto de Paul Ryan, o presidente republicano da Câmara dos Representantes.

Ryan criticou Trump durante a campanha, mas tem sido um aliado desde a vitória de 08 de novembro. Ainda assim, o novo Presidente precisará da sua colaboração e apoio para aprovar a agenda de reformas que tem planeada para o país.

A lista inclui ainda personalidades como Jared Kushner, em 29.º lugar, genro de Donald Trump e seu conselheiro, e Kellyane Conway, em 10.º, conselheira do próximo Presidente dos EUA.

O último lugar fica para o programa "Morning Joe", apresentado por Joe Scarborough e Mika Brzezinski.

O programa das manhãs da MSNBC é visto assiduamente por Trump e é o único representante de um meio de comunicação social na lista.

Lusa

  • Polémica sobre offshore intensifica guerra de palavras entre PSD e Governo
    2:39
  • DGO divulga hoje execução orçamental de janeiro

    Economia

    A Direção-Geral do Orçamento (DGO) divulga hoje a síntese de execução orçamental em contas públicas de janeiro, sendo que o Governo estima reduzir o défice para 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB) em contabilidade nacional em 2017.

  • Paulo Fonseca e Paulo Sousa fora da Liga Europa

    Liga Europa

    A segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa ficou marcada pelas eliminações de duas equipas treinadas por portugueses: a Fiorentina de Paulo Sousa e o Shakhtar Donetsk de Paulo Fonseca. Paulo Bento, no Olympiacos, e José Mourinho, no Manchester United, são os únicos técnicos lusos ainda em competição. Noutros jogos, destaque para os afastamentos do Tottenham e do Zenit. Veja aqui os resumos de todos os encontros desta noite europeia. O sorteio dos oitavos-de-final está agendado para esta sexta-feira, às 12h00, hora de Lisboa.

  • "Não preciso de ajustar contas com ninguém"
    0:49

    País

    O ex-Presidente da República insiste que José Sócrates foi desleal durante as negociações do Orçamento do Estado para 2011. Numa entrevista dada à RTP1, Cavaco Silva esclareceu ainda que não escreveu o livro de memórias para ajustar contas com o ex-primeiro-ministro.

  • Sócrates em processo judicial surpreende Cavaco
    0:18

    País

    Cavaco Silva afirmou ter ficado surpreendido com o envolvimento de José Sócrates num processo judicial. Em entrevista à RTP1 o ex-Presidente da República diz que nunca se apercebeu de qualquer "atuação legalmente menos correta" da parte de Sócrates.

  • PSD questiona funcionamento da Assembleia da República
    2:39

    Caso CGD

    O PSD e o CDS vão entregar esta sexta-feira no Parlamento o pedido para criar uma nova Comissão de Inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos. Os dois partidos reuniram-se esta quarta-feira para fechar o texto do requerimento. Durante o dia, o PSD considerou que o normal funcionamento da Assembleia da República está em causa, o que levou Ferro Rodrigues a defender-se e a garantir que está a ser imparcial.

  • Marcelo rejeita discussões menores na banca
    0:32

    Economia

    O Presidente da República avisa que não se devem introduzir querelas táticas e menores no sistema financeiro. Num encontro que reuniu publicamente Marcelo e Centeno, o Presidente diz que é preciso defender o interesse nacional.

  • Três dos planetas encontrados podem conter água e vida
    3:28
  • Túnel descoberto em cadeia brasileira tinha ligação a uma habitação
    0:44

    Mundo

    A polícia brasileira descobriu um túnel que ligava a cadeia de Porto Alegre a uma casa e serviria para libertar prisioneiros do estabelecimento. As autoridades detiveram sete homens e uma mulher no local. A construção permitiria uma fuga massiva que poderia chegar aos 200 mil fugitivos e estima-se que terá custado mais de 300 mil euros. A polícia do Rio Grande do Sul acredita, assim, ter impedido aquela que seria a maior fuga de prisioneiros de sempre no Estado brasileiro.