sicnot

Perfil

Mundo

Guterres nomeia brasileira como vice-chefe da missão da ONU na Colômbia

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, anunciou esta quinta-feira a nomeação da brasileira Tania Patriota como sua vice representante especial para a Colômbia e vice-chefe da Missão das Nações Unidas naquele país.

O anúncio foi divulgado num comunicado oficial, no qual a ONU explicou que a brasileira foi escolhida porque tem mais de 20 anos de experiência na organização e já realizou inúmeros trabalhos para promover o desenvolvimento e apoiar respostas a crises.

"Durante os seus quatro anos como representante residente na Colômbia, ela [Tania Patriota] forneceu liderança estratégica geral para a promoção das atividades do [Fundo de População das Nações Unidas] UNFPA no país, incluindo a coordenação da resposta humanitária da agência em desastres naturais e em áreas afetadas por conflitos", lê-se no comunicado da ONU.

Atualmente dezenas de observadores da ONU supervisionam a desmobilização das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e o cumprimento do acordo de paz firmado entre o Governo da Colômbia e os guerrilheiros.

Lusa

  • Que equipa vai ter António Guterres?
    11:01

    Opinião

    O Conselho de Segurança da ONU aprovou a aclamação de António Guterres. Daniel Pinéu e Henrique Cymerman estiveram na Edição da Noite da SIC Notícias para falar sobre os desafios que o antigo primeiro ministro tem pela frente. Para Daniel Pinéu, "formar uma equipa será complicado", uma vez que terão de ser escolhas fortes. O professor de Relações Internacionais diz que o número dois de Guterres virá provavelmente da Europa de leste. Já Henrique Cymerman diz que António Guterres vai ter de lutar contra a descrença do Médio Oriente na ONU e vai ser obrigado a tomar "decisões difíceis".

  • Trump e Guterres mantiveram "discussão muito positiva"

    Mundo

    O Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, conversou esta quarta-feira por telefone com António Guterres, novo secretário-geral da ONU, numa "discussão muito positiva" sobre as relações do país com a organização, referiram fontes oficiais.

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Novo campo de refugiados construído em Mossul

    Mundo

    Um novo campo de refugiados foi construído em Mossul, no Iraque. Com cerca de 4 mil tendas, foi construído durante 45 dias para albergar os deslocados que se prevê que aumentem com a atual ofensiva militar na zona ocidental da cidade.