sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades descartam ameaça terrorista na tomada de posse de Donald Trump

A polícia norte-americana está preparada para um possível ataque com um camião durante a cerimónia de tomada de posse de Donald Trump, a 20 de janeiro, mas não há nesta fase nenhuma ameaça, disseram as autoridades.

Após os ataques perpetrados com camiões contra multidões em França e na Alemanha em 2016, a área prevista para a cerimónia de posse e para o desfile será bloqueada, disse hoje o secretário de Estado da Segurança Interna, Jeh Johnson.

O perímetro vai estar "protegido com camiões pesados, com camiões basculantes e betoneiras para evitar acesso a veículos não autorizados", acrescentou o secretário de Estado.

"O terrorismo mundial é muito diferente do de 2013", quando Barack Obama tomou posse como Presidente dos Estados Unidos para um segundo mandato, explicou.

Para o secretário de Estado, a preocupação agora é com o extremismo nascido nos Estados Unidos e com os atos de pessoas auto-radicalizadas.

Entre 700.000 e 900.000 pessoas deverão assistir à cerimónia de tomada de posse, que vai decorrer no National Mall, a grande artéria que atravessa a cidade de Washington.

Cerca de 28.000 pessoas das forças de segurança vão ser destacadas para a ocasião.


Lusa

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.