sicnot

Perfil

Mundo

Fim do Obamacare prestes a chegar

O Obamacare, programa de saúde e segurança social por que o Presidente dos Estados Unidos tanto batalhou, está cada vez mais próximo do fim. A Câmara dos Representantes votou esta sexta-feira a revogação da medida.

O fim do programa foi aprovado com 227 votos contra 198.

Na terça-feira, Donald Trump prometeu que a sua Administração irá revelar em breve um plano para substituir o Obamacare com legislação para "tratar dos cuidados de saúde neste país".

"Vamos repelir e substituir, é uma coisa muito complicada", disse Trump, acrescentando que os dois passos iriam surgir praticamente ao mesmo tempo, uma promessa que será difícil de cumprir tendo em conta as regras do Senado e a oposição dos democratas.

A aprovação da proposta de hoje vai permitir legislação consequente para fugir ao risco de uma obstrução parlamentar (filibuster) pelos democratas no Senado. No entanto, os republicanos ainda não chegaram a um acordo sobre como substituir o Obamacare.

O programa do Presidente Obama alargou a assistência na saúde a cerca de 20 milhões de norte-americanos, impedindo que as seguradoras negassem cobertura devido a problemas preexistentes, e direcionou milhares de milhões de dólares para os estados para o programa de saúde Medicaid, destinado aos mais pobres.

A votação do Senado vai estabelecer regras orçamentais especiais que vão permitir que a segunda votação, para repelir partes do programa de saúde, aconteça com uma maioria simples do Senado.

  • Senado dos EUA aprova primeira medida para desmantelar Obamacare

    Mundo

    O Senado dos Estados Unidos deu o primeiro passo concreto para desmantelar a lei de saúde do governo Obama, conhecida como Obamacare, com uma votação a instruir comités parlamentares para traçarem legislações para reverter o programa, um dos principais legados do Presidente Barack Obama.

  • Obama diz que republicanos têm de apresentar opção melhor que o "Obamacare"
    0:54

    Mundo

    Em final de mandato, o Presidente dos Estados Unidos deu hoje uma entrevista à Vox, uma publicação online, líder entre os jovens com idades entre os 15 e os 33 anos. Entre outros assuntos, Barack Obama falou do que pode acontecer ao chamado "Obamacare", dizendo que se os republicanos tiverem uma medida para a saúde melhor, será o primeiro a "aplaudir".

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.