sicnot

Perfil

Mundo

Oito pessoas detêm riqueza igual à metade mais pobre da população mundial

Oito pessoas em todo o mundo detêm tanta riqueza quanto a metade mais pobre da população mundial, denuncia a ONG britânica Oxfam, num relatório publicado nas vésperas do início do Fórum Mundial de Davos.

"É indecente que a riqueza esteja concentrada das mãos de uma ínfima minoria, quando sabemos que uma pessoa em dez vive com menos de 2 dólares por dia", denuncia a porta-voz da Oxfm França Manon Aubry.

O relatório "Uma economia para o 1%" revela "como as grandes empresas e os indivíduos mais ricos exacerbam as desigualdades, explorando um sistem económico com falhas, ao fugir a impostos, ao reduzir salários para maximizar lucros dos acionistas".

A este ritmo, calcula a ONG, o primeiro "super-milionário" do mundo "poderá ter um património que ultrapassa em milhares de milhares de milhões de dólares em menos de 25 anos".

Para este estudo a ONG baseou-se na lista das oito pessoas mais ricas do mundo classificada pela revista Forbes:

  • Bill Gates, fundador da Microsoft com um património avaliado em 75 mil milhões de dólares;
  • Amancio Ortega, dono da Inditex, casa-mãe da Zara,
  • Warren Buffet, CEO e accionista maioritário da Berkshire Hathaway,
  • Carlos Slim, magnata das telecomunicações latino-americanas,
  • Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon,
  • Mark Zuckerberg, CEO e co-fundador do Facebook,
  • Larry Ellison, CEO e co-fundador da Oracle),
  • Michael Bloomberg, CEO e fundador da Bloomberg LP.

A Oxfam alerta para "a pressão que é exercida sobre os salários em todo o mundo", bem como os benefícios fiscais atribuídos às empresas e o paraísos fiscais.

Revela que a desigualdade de rendimentos está maior do que nunca, desigualdade "indecente".

O relatório da ONG é revelado da véspera da reunião de polí­ticos e muitos multi-milionários no encontro anual do Fórum Económico Mundial, em Davos,

  • Um em cada mil chineses é milionário

    Economia

    A República Popular da China tem 1,34 milhões de milionários, segundo uma unidade de investigação com sede em Xangai, o que pressupõe que um em cada mil chineses tem mais de um milhão de dólares.

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.