sicnot

Perfil

Mundo

Obama dará quarta-feira última conferência de imprensa como Presidente dos EUA

© Yuri Gripas / Reuters

O Presidente norte-americano cessante, Barack Obama, dará na quarta-feira a última conferência de imprensa de oito anos de mandato, dois dias antes de passar o testemunho ao seu sucessor na Casa Branca, Donald Trump.

Obama está há vários dias a despedir-se e há precisamente uma semana, a 10 de janeiro, proferiu em Chicago o último grande discurso da sua Presidência, no qual instou os concidadãos a continuarem envolvidos e a serem guardiães da democracia.

No seu último discurso radiofónico à nação, que é transmitido aos sábados, classificou como "a honra" da sua vida ter sido Presidente dos Estados Unidos durante dois mandatos consecutivos e afiançou que continuará a trabalhar em prol do povo norte-americano "como cidadão" o resto da vida.

A viagem que efetuou a Chicago foi a sua última deslocação para fora de Washington a bordo do Air Force One.

No entanto, os chefes de Estado cessantes costumam realizar um último voo no avião presidencial quando já abandonaram formalmente o cargo mas, nesses casos, embora o aparelho seja o mesmo, não se lhe chama Air Force One, já que essa designação é apenas usada quando a bordo segue o Presidente em exercício.

Obama tenciona manter essa tradição e abandonar Washington juntamente com a família na sexta-feira, "pouco depois" da cerimónia de posse presidencial de Trump, segundo o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, que não forneceu pormenores sobre qual será o seu destino.

Contudo, esta terça-feira, a estação televisiva CNN noticiou, citando fontes anónimas, que os Obama vão descansar para Palm Springs, no Estado da Califórnia.

Obama deixa a Casa Branca com um índice de popularidade de 58%, de acordo com a empresa de inquéritos de opinião Gallup.

Lusa

  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.