sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 80 jihadistas mortos em bombardeamentos dos EUA na Líbia

Arquivo

Manu Brabo

Os Estados Unidos da América atacaram dois campos de treino do Daesh na Líbia, esta quarta-feira à noite, matando mais de 80 jihadistas do Daesh. O secretário norte-americano da Defesa acredita que vários destes combatentes estavam a programar ataques na Europa.

"Precisamos de atacar o Daesh onde quer que eles apareçam. E nós sabemos que alguns dos jihadistas estavam envolvidos em planos de ataque", Ash Cartersaid afirmou.

Os bombardeamentos foram feitos durante a madrugada, sendo primeiramente autorizados pelo ainda Presidente dos EUA, Barack Obama.

O objetivo da operação foi eliminar combatentes do Daesh que fugiram para Sirte, bastião dos jihadistas na Líbia desde junho de 2015, e retomado pelo exército líbio, com o apoio dos EUA, no outono.

  • Alerta "terrorista" em Londres

    Mundo

    As estações de metro de Oxford Circus e Bond Street, em Londres, estão encerradas e a polícia está no local, bem como os bombeiros. A polícia dos transportes anunciou entretanto que recebeu uma denúncia de disparos e refere que o incidente está a ser tratado como um atentado terrorista.

  • O que têm ice tea, colas e leite com chocolate em comum? O PAN explica
    1:36
  • Vodafone Mexefest arranca hoje
    2:29