sicnot

Perfil

Mundo

Parlamento iraquiano quer que Governo retalie política anti-imigração de Trump

Reuters

O Parlamento iraquiano votou esta segunda-feira para que o Governo "retalie" a polícia anti-imigração de Trump que impede os iraquianos de viajarem para os Estados Unidos. Para além do Iraque, a ordem afeta também seis outros países muçulmanos - o Irão, a Líbia, Somália, Sudão, Síria e Iémen.

A ordem foi assinada na sexta-feira por Donald Trump e suspende as viagens para os Estados Unidos durante 90 dias. Neste momento, os iraquianos estão impedidos de viajar e entrar nos EUA por esse período.

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Iraque, Ibrahim al-Jaafari, deverá encontrar-se com o embaixador americano até terça-feira para criticar a decisão de Trump.

O primeiro-ministro iraquiano ainda não reagiu à notícia.

  • Medida anti-imigração de Trump provoca o caos nos aeroportos
    2:44

    Mundo

    As restrições impostas estão a provocar o caos nos aeroportos e muita confusão a quem está fora dos Estados Unidos e teme não conseguir entrar no país. A medida é considerada discriminatória por vários governantes internacionais. Já as companhias aéreas continuam a aceitar todas as reservas e a emitir bilhetes.