sicnot

Perfil

Mundo

Detido por planear atentado na Alemanha era procurado por ataques na Tunísia

Michael Probst

Um tunisino detido esta quarta-feira na Alemanha por suspeita de envolvimento num atentado no país era procurado na Tunísia por presumível envolvimento em ataques terroristas no museu do Bardo e na cidade de Ben Guerdane, anunciou a justiça alemã.

Na Tunísia, o suspeito "é investigado pela sua participação na planificação e concretização do atentado ao museu do Bardo a 18 de março de 2015 e do ataque contra a cidade tunisina de Ben Guerdane (junto à fronteira com a Líbia) no início de março de 2016", indicou a procuradoria de Hesse em comunicado, acusando o suspeito, de 36 anos de agir por conta do grupo Daesh.

Os investigadores alemães suspeitam que o tunisino tenha sido "recrutador e passador para o grupo terrorista estrangeiro que se autoproclamou Estado Islâmico" e de ter montado uma "rede de apoio" à organização na Alemanha.

O seu objetivo seria de cometer um ataque, mas o projeto ainda estava no início e ainda não havia um alvo definido.A detenção, na madrugada desta quarta-feira, ocorreu no seguimento de uma vasta operação policial que mobilizou 1.100 agentes no estado de Hesse.

Dezasseis pessoas, de entre 16 e 46 anos, são investigadas neste inquérito, que incluiu 54 buscas.

O principal suspeito, após uma primeira estada na Alemanha de 2003 a 2013, regressou ao país como requerente de asilo em agosto de 2015, no pico da crise migratória europeia.

Os ataques ao Bardo e a Ben Guerdane estão entre os mais importantes atentados islamitas na Tunísia.

O atentado ao museu matou 21 turistas estrangeiros e um polícia tunisino.

A cidade fronteiriça de Ben Guerdane foi atacada em março de 2016 por dezenas de islamitas, mas a resposta das forças de segurança foi considerada um êxito.

A 7 de março, pelo menos 55 assaltantes, 13 membros das forças de segurança e sete civis tinham sido mortos.

Lusa

  • Drone inglês evita execução do Daesh na Síria
    2:08

    Mundo

    A Força Aérea britânica divulgou esta terça-feira um vídeo que mostra um drone a parar uma execução pública que estaria prestes a acontecer às mãos do Daesh, na Síria. As imagens, apesar de cortadas pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, mostram várias pessoas na rua, uma explosão e, depois, a fuga.

  • Atrás das Câmaras em Fátima
    2:48
  • PS quer reconquistar poder em Vila Viçosa
    2:06

    Autárquicas 2017

    Ana Catarina Mendes insistiu na ideia de que o PSD escolheu um modo perigoso de fazer campanha, ao insistir nas críticas à lei da imigração. Ana Catarina Mendes, secretária-geral adjunta do PS, esteve esta quarta-feira em campanha no distrito de Évora.

  • Troca de argumentos entre Medina e Cristas marca campanha em Lisboa
    2:34

    Autárquicas 2017

    Esta quarta-feira o dia de campanha em Lisboa ficou marcado por uma troca de argumentos entre Fernando Medina e Assunção Cristas. O atual presidente da Câmara acusa a candidata do CDS de não respeitar os lisboetas por admitir que pode não exercer o cargo de vereadora até ao fim do mandato. Já Assunção Cristas garante que se for eleita cumpre o mandato até ao fim.

  • Furacão Maria já causou pelo menos nove mortes

    Mundo

    O furacão Maria já causou pelo menos nove mortos durante a sua passagem pelas Antilhas Menores, tendo baixando para uma tempestade de grau três depois de atravessar Porto Rico, segundo as autoridades.

  • Casal morre com horas de diferença depois de 75 anos de casamento

    Mundo

    George e Jean Spear morreram no passado dia 15 de setembro, no hospital de Queensway Carleton, em Ottawa (Canadá), depois de terem celebrado 75 anos de casamento em agosto. A britânica de 94 anos conheceu o candaniano em 1941, num salão de bailes, em Londres. George Spear servia as Forças Armadas durante a Segunda Guerra Mundial.

    SIC