sicnot

Perfil

Mundo

Neil Gorsuch promete "imparcialidade" e "independência" como juiz do Supremo

Neil Gorsuch promete "imparcialidade" e "independência" como juiz do Supremo

O novo juiz do Supremo Tribunal de Justiça norte-americano agradeceu a todos os magistrados que fizeram dele o profissional em que se transformou. Neil Gorsuch disse que vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para servir a Constituição. 

"O que se espera de nós? Imparcialidade e independência, companheirismo e valor", disse Gorsuch, na terça-feira (madrugada de quarta-feira em Lisboa), numa declaração à imprensa na Casa Branca.

O juiz prometeu dialogar com democratas e republicanos para conseguir que o Senado o confirme, de modo a substituir o juiz conservador Antonin Scalia, que morreu em fevereiro do ano passado e a quem Gorsuch chamou de "o leão da lei".

Aos 49 anos, Gorsuch, que fazia parte de uma lista de 21 possíveis escolhas, é o juiz mais novo a ser nomeado para o Supremo Tribunal.

  • Trump escolhe juiz conservador para o Supremo
    0:57

    Mundo

    Donald Trump nomeou Neil Gorsuch para juiz do Supremo Tribunal de Justiça dos Estados Unidos. O Presidente apresentou a sua escolha como uma pessoa com as qualidades indicadas para aquilo que a nova administração da Casa Branca procura e pediu à oposição democrata no Senado que apoie o nomeado.

  • Suspeito de atropelamento mortal na Luz confessou que esteve no local
    0:45
  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor