sicnot

Perfil

Mundo

Turquia detém mais de 750 pessoas suspeitas de ligações ao Daesh

© Murad Sezer / Reuters

As forças de segurança turcas detiveram mais de 750 pessoas suspeitas de ligações ao grupo extremista Daesh na maior operação contra as atividades da organização na Turquia, de acordo com a agência turca de notícias, Anadolu.

Cerca de 450 suspeitos foram detidos na primeira fase da operação levada a cabo no domingo em todo o país, mas o número de pessoas presas subiu para as 763, ainda segundo a Anadolu, citada pela agência France-Presse.

A operação - que decorreu em 29 das 81 províncias turcas, onde foram apreendidos documentos, armas e munições - acontece cerca de um mês depois do atentado numa discoteca em Istambul em que 39 pessoas, na maioria estrangeiras, foram mortas por um elemento do Daesh na noite de passagem de ano.

O Daesh reclamou a autoria do ataque.

Apesar de o grupo ser acusado de vários atentados à bomba em 2016, esta foi a primeira vez que assumiu essa responsabilidade num massacre com esta dimensão.

A polícia turca executou numerosas operações contra o Daesh nos últimos anos, mas nunca nada semelhante à escala do raide contra suspeitos, levado a cabo em todo o país no passado domingo.

A Anadolu cita uma fonte da polícia segundo a qual o Daesh se preparava para uma lançar uma "ação sensacional", eventualmente contra meios de comunicação social turcos, para efeitos de propaganda.

Lusa

  • Governo quer reduzir gastos com papel na função pública
    1:08

    Economia

    O Governo proibiu a livre utilização das impressoras pelos funcionários públicos. O ministro das Finanças quer assim reduzir em 20% a despesa em consumo de papel e, ao mesmo tempo, minimizar a perigosidades dos resíduos produzidos com as impressoras, no Estado.