sicnot

Perfil

Mundo

François Fillon enfrenta novas revelações sobre emprego da mulher

© Pascal Rossignol / Reuters

Penelope Fillon, mulher do candidato presidencial François Fillon, suspeita de ter beneficiado de empregos fictícios, recebeu mais 45 mil euros de indemnização pagos pela Assembleia Nacional francesa, indica o semanário Canard Enchaîné na sua edição de quarta-feira.

Segundo o semanário satírico, que sai na quarta-feira, a mulher do candidato recebeu em 2002 "16 mil euros de indemnização, o equivalente a cinco meses de salário", após um contrato de trabalho de cinco anos com o marido, apesar de ter sido contratada de novo pelo substituto de Fillon na Assembleia, Marc Joulard.

A publicação revela também que Penelope Fillon voltou a receber em novembro de 2013 "29 mil euros de bónus" depois de ter trabalhado de novo mais um ano e meio para o marido, que voltou a ser deputado.

François Fillon já refutou, em comunicado, as novas revelações do jornal, considerando que "são mentiras" e que os novos elementos apresentados "têm erros manifestos", confundido várias somas que constam dos pagamentos.

A justiça francesa abriu um inquérito para esclarecer qual foi o trabalho efetuado durante 15 anos por Penelope Fillon como assistente parlamentar do marido em vários períodos (1988-1990, 1998-2002, 2012-2013) e de Marc Joulaud (2002-2007).

Depois das primeiras notícias sobre a contratação de familiares lhe terem causado dificuldades na corrida presidencial, Fillon deu na segunda-feira uma longa conferência de imprensa na qual defendeu a legalidade dos empregos que deu à mulher e aos dois filhos e garantiu que estes foram remunerados por um trabalho efetivo.

Até há pouco favorito nas sondagens, François Fillon surge agora como terceiro num inquérito publicado hoje sobre as intenções de voto para as eleições de abril, com 20%, atrás da candidata da extrema-direita Marine Le Pen (25%) e do centrista Emmanuel Macron (23%).

Lusa

  • François Fillon em queda nas sondagens
    1:21

    Mundo

    A campanha presidencial francesa está repleta de escândalos. Desta vez foi o candidato independente Emmanuel Macron que se viu obrigado a negar um caso extra-conjugal. François Fillon continua a cair a pique nas sondagens.

  • Fillon pede desculpa por ter empregado a mulher e os filhos
    1:53

    Mundo

    O candidato da direita francesa às presidenciais pode vir a ser acusado de financiamento ilegal de campanha eleitoral e tráfico de influências. Numa conferência de imprensa, François Fillon pediu desculpa aos franceses por ter empregado a mulher e os filhos mas diz que não tem nada a esconder, reafirmando que os 830 mil euros pagos à esposa estão justificados.

  • Fillon não tem "nada a esconder"
    0:32

    Mundo

    François Fillon diz que não tem nada a esconder. O candidato do centro-direita às eleições presidenciais francesas mantém a candidatura. Isto aconteceu depois das autoridades judiciais estarem a investigar a suspeita de utilização de dinheiros públicos na contratação da mulher.

  • Paulo Fonseca e Paulo Sousa fora da Liga Europa

    Liga Europa

    A segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa ficou marcada pelas eliminações de duas equipas treinadas por portugueses: a Fiorentina de Paulo Sousa e o Shakhtar Donetsk de Paulo Fonseca. Paulo Bento, no Olympiacos, e José Mourinho, no Manchester United, são os únicos técnicos lusos ainda em competição. Noutros jogos, destaque para os afastamentos do Tottenham e do Zenit. Veja aqui os resumos de todos os encontros desta noite europeia. O sorteio dos oitavos-de-final está agendado para esta sexta-feira, às 12h00, hora de Lisboa.

  • "Não preciso de ajustar contas com ninguém"
    0:49

    País

    O ex-Presidente da República insiste que José Sócrates foi desleal durante as negociações do Orçamento do Estado para 2011. Numa entrevista dada à RTP1, Cavaco Silva esclareceu ainda que não escreveu o livro de memórias para ajustar contas com o ex-primeiro-ministro.

  • Sócrates em processo judicial surpreende Cavaco
    0:18

    País

    Cavaco Silva afirmou ter ficado surpreendido com o envolvimento de José Sócrates num processo judicial. Em entrevista à RTP1 o ex-Presidente da República diz que nunca se apercebeu de qualquer "atuação legalmente menos correta" da parte de Sócrates.

  • PSD questiona funcionamento da Assembleia da República
    2:39

    Caso CGD

    O PSD e o CDS vão entregar esta sexta-feira no Parlamento o pedido para criar uma nova Comissão de Inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos. Os dois partidos reuniram-se esta quarta-feira para fechar o texto do requerimento. Durante o dia, o PSD considerou que o normal funcionamento da Assembleia da República está em causa, o que levou Ferro Rodrigues a defender-se e a garantir que está a ser imparcial.

  • Marcelo rejeita discussões menores na banca
    0:32

    Economia

    O Presidente da República avisa que não se devem introduzir querelas táticas e menores no sistema financeiro. Num encontro que reuniu publicamente Marcelo e Centeno, o Presidente diz que é preciso defender o interesse nacional.

  • Três dos planetas encontrados podem conter água e vida
    3:28
  • Túnel descoberto em cadeia brasileira tinha ligação a uma habitação
    0:44

    Mundo

    A polícia brasileira descobriu um túnel que ligava a cadeia de Porto Alegre a uma casa e serviria para libertar prisioneiros do estabelecimento. As autoridades detiveram sete homens e uma mulher no local. A construção permitiria uma fuga massiva que poderia chegar aos 200 mil fugitivos e estima-se que terá custado mais de 300 mil euros. A polícia do Rio Grande do Sul acredita, assim, ter impedido aquela que seria a maior fuga de prisioneiros de sempre no Estado brasileiro.

  • Secretário da Segurança Interna dos EUA desmente Donald Trump

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou esta quinta-feira que os esforços do seu Governo para expulsar alguns imigrantes ilegais dos Estados Unidos "são uma operação militar", afirmação contrariada pelo seu secretário da Segurança Nacional no México.