sicnot

Perfil

Mundo

Dissidente russo "envenenado"

O oposicionista russo Vladimir Kara-Murza, internado de urgência por falência de órgãos, foi envenenado, garante a mulher.

De acordo com Yevgenia, mulher do dissidente, os médicos ter-lhe-ão garantido que Kara-Mursa foi diagnosticado com "um envenenamento agudo por uma substância não identificada".

Amostras de sangue foram enviadas pela família para um laboratório privado em Israel, a fim de determinar a toxina.

Kara-Murza, que descreveu os assassinatos políticos como uma política de Kremlin, permanece inconsciente e tem sido mantido vivo através de mecanismos artificiais de respiração em Moscovo desde quinta-feira.

O suposto envenenamento é tornado público numa altura em que se fala do tratamento dado aos dissidentes políticos pela Rússia.

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24