sicnot

Perfil

Mundo

Dissidente russo "envenenado"

O oposicionista russo Vladimir Kara-Murza, internado de urgência por falência de órgãos, foi envenenado, garante a mulher.

De acordo com Yevgenia, mulher do dissidente, os médicos ter-lhe-ão garantido que Kara-Mursa foi diagnosticado com "um envenenamento agudo por uma substância não identificada".

Amostras de sangue foram enviadas pela família para um laboratório privado em Israel, a fim de determinar a toxina.

Kara-Murza, que descreveu os assassinatos políticos como uma política de Kremlin, permanece inconsciente e tem sido mantido vivo através de mecanismos artificiais de respiração em Moscovo desde quinta-feira.

O suposto envenenamento é tornado público numa altura em que se fala do tratamento dado aos dissidentes políticos pela Rússia.

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13