sicnot

Perfil

Mundo

"Ela foi avisada. Foi-lhe dada uma explicação. Mesmo assim, ela persistiu"

Reuters

"Ela foi avisada. Foi-lhe dada uma explicação. Mesmo assim, ela persistiu". Foi esta a afirmação utilizada pelo líder da maioria republicana no Senado dos EUA para silenciar a democrata Elizabeth Warren a meio de um discurso na câmara alta. A declaração tornou-se agora o "grito de guerra" dos apoiantes da senadora nas redes sociais, que já criaram uma hashtag.

#ShePersisted difundiu-se rapidamente como um apelo à luta no Twitter.

Elizabeth Warren foi impedida de continuar a ler uma carta escrita há 30 anos pela mulher de Martin Luther King, na qual criticava Jeff Sessions, assegurando que o mesmo tinha usado o seu cargo de advogado no Alabama para "intimidar e assustar os eleitores negros de idade avançada".

"Eles podem calar-me, mas não podem mudar a verdade", declarou mais tarde a senadora à CNN.

Warren leu depois a carta na íntegra, e em LiveStreaming, no Facebook.

Mitch McConnell, líder da maioria republicana, alegou que o discurso de Warren punha em causa as regras do Senado, ao contestar a conduta de outro senador e acabou por levar a intervenção a votação, que silenciou a senadora.

A senadora está agora impedida de intervir em qualquer debate sobre a nomeação de Jeff Sessions para procurador-geral.

  • Senadora democrata silenciada por republicanos

    Mundo

    A senadora democrata Elizabeth Warren foi silenciada ontem por republicanos, durante um debate no Senado sobre a nomeação de Jeff Sessions para procurador-geral. Warren lia uma carta escrita há 30 anos pela viúva de Martin Luther King, quando foi acusada de quebrar as regras do Senado.

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.