sicnot

Perfil

Mundo

Desenvolvida análise matemática sobre a melhor forma de tratar tumores

© Fabian Bimmer / Reuters

Investigadores norte-americanos desenvolveram uma análise matemática para identificar os fatores que determinam a melhor abordagem para tratar um tumor, auxiliando a decisão de remover ou "conter" com tratamento medicamentoso.

"As pessoas morrem quando as suas infeções ou tumores se tornam resistentes a medicamentos", afirma um dos autores do estudo, acrescentando que os investigadores analisaram quando pode ser melhor usar drogas para conter em vez de eliminar o tumor.

Segundo os investigadores das universidades do Michigan e de Penn State, há situações nas quais a contenção através de medicamentos permite manter o doente vivo mais tempo, mas noutros casos significa piorar a situação.

Na investigação, publicada hoje na revista PLOS Biology, os peritos compararam duas estratégias de tratamento com o objetivo de maximizar a quantidade de tempo do doente até ao tratamento falhar devido ao desenvolvimento de resistência aos medicamentos.

Os investigadores concentraram-se em dois fatores principais que influenciam se uma infeção ou tumor vai desenvolver resistência aos medicamentos.

A primeira é a velocidade à qual as células, inicialmente sensíveis ao tratamento, se tornam resistentes.

O segundo fator, denominado como "supressão competitiva", está relacionado com o facto de a propagação da resistência, quando aparece, poder ser retardada com recurso a células sensíveis ao tratamento.

"A prática padrão tem sido tratar os tumores tão agressivamente quanto possível para minimizar o risco de as células se tornarem resistentes", afirmou Andrew Read, um dos autores do estudo.Mas esta análise mostra que, em muitas situações, conter o tumor pode aumentar o período até que o tratamento falhe.

Segundo os investigadores, é importante fazer uma análise em face de cada caso.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.