sicnot

Perfil

Mundo

Trump reafirma confiança em assessora que promoveu produtos de Ivanka

© Carlos Barria / Reuters

A Casa Branca disse esta quinta-feira que Donald Trump continua "absolutamente" a apoiar a sua conselheira Kellyanne Conway, depois de esta ter promovido os produtos da linha de moda da sua filha, Ivanka Trump, durante uma entrevista televisiva.

"Vão comprar os produtos da Ivanka. Detesto fazer compras, mas hoje vou fazê-las", afirmou Kellyanne Conway, a partir da Casa Branca, com o selo desta em fundo, na cadeia televisiva Fox.

Em resposta a questões da AP, fonte da Casa Branca disse que o Presidente não tinha visto a entrevista de Conway à Fox News. Mas uma porta-voz afirmou que Trump "compreendia que ela estava apenas a apoiar uma mulher maravilhosa por quem ela tem grande respeito e sentiu que foi tratada injustamente".

A mesma fonte acrescentou que Trump também "apoia totalmente a sua filha".

A conselheira do Presidente respondeu assim ao anúncio, feito na semana passada, da cadeia de armazéns Nordstrom que ia deixar de vender a linha de vestuário e acessórios de Ivanka Trump.

Esta decisão tinha provocado na terça-feira a cólera do Presidente norte-americano, que se precipitou sobre a rede social Twitter para denunciar o tratamento dado à sua filha.

O porta-voz da Casa Branca, que defendeu na quarta-feira o direito de Trump "defender a sua família", desta vez distanciou-se das declarações de Conway.

"Kellyanne foi chamada à ordem sobre este assunto, ponto final", foi a reação seca de Sean Spicer, durante o encontro diário com os jornalistas.

Esta conselheira, omnipresente na comunicação social, tem estado no centro de várias polémicas, como a que se seguiu à sua invenção, com todos os pormenores, de um "massacre" cometido por alegados terroristas islâmicos numa cidade dos EUA.

Em todo o caso, esta nova polémica dá mais argumentos aos que acusam o clã Trump e os seus próximos de utilizar a Casa Branca para defender os seus próprios interesses.

O próprio Donald Trump alimentou estas suspeitas ao conservar a sua parte no império familiar que fez a sua fortuna, com ramificações em numerosos países estrangeiros aliados dos EUA.

Lusa

  • Os 36 golos dos 16 avos da Liga Europa

    Liga Europa

    A jornada europeia ficou marcada, no panorama das equipas portuguesas, pelo apuramento do Sporting e pela eliminação do Sporting de Braga. Os leões passam assim a ser o único clube luso em prova na Liga Europa. Nos oitavos de final, o emblema de Alvalade pode encontrar adversários como o Arsenal, o Atlético de Madrid ou o AC Milan. O sorteio realiza-se esta sexta-feira, ao meio-dia. Aqui, veja ou reveja todos os golos da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa.

  • Coreia do Norte acusa Guterres de ser subordinado dos EUA

    Mundo

    A Coreia do Norte criticou esta quinta-feira o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, por apoiar sanções para pressionar o país a entrar em negociações com os Estados Unidos sobre a desnuclearização, referindo que tem atuado como um subordinado.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Escolas da Portela e Moscavide degradadas e com amianto
    3:00
  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC