sicnot

Perfil

Mundo

Ativista francês multado por acolher e ajudar migrantes ilegais

© Eric Gaillard / Reuters

Um ativista e agricultor francês foi condenado por ter ajudado migrantes a entrar em França. Cédric Herrou acolheu migrantes ilegais vindos de Itália nos últimos dois anos. O homem foi multado em 3 mil euros pelas autoridades.

Na sua casa nos Alpes franceses, Cedric acolheu ao longo dos últimos dois anos dezenas de refugiados. Só na última sexta-feira, as autoridades descobriram duas adolescentes provenientes do Sudão e da Eritreia na sua autocaravana.

Cedric Herrou admitiu ter ajudado pelo menos 60 migrantes ilegais, no que considera um "ato de humanidade" e não um crime.

Muitas das pessoas vão ter com Herrou a meio da noite, pedindo ajuda. Outras é o próprio que encontra em igrejas italianas e "transporta" para França.

O ativista foi multado em 3 mil euros mas poderia enfrentar uma pena que podia ir até aos cinco anos de prisão ou 30 mil euros.

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.