sicnot

Perfil

Mundo

Paralisação dos militares no Espírito Santo gera onda de violência noutras cidades

Correspondente SIC

Paralisação dos militares no Espírito Santo gera onda de violência noutras cidades

A paralisação dos polícias militares do estado brasileiro do Espírito Santo gerou uma onda de violência em várias cidades. Existe até o receio de que alastre a outras zonas, como o Rio de Janeiro. Nas redes sociais, circulam boatos de que o caos se iria repetir esta sexta-feira no Rio de Janeiro. Contudo, o porta-voz da Polícia Federal da cidade garante que mais de 90% da força está a trabalhar.

  • Protestos no estado brasileiro do Espírito Santo já fizeram 101 mortos
    1:09

    Mundo

    O caos mantém-se no estado brasileiro do Espírito Santo, com a polícia militar a não sair dos quartéis para fazer o patrulhamento da região. Desde o último sábado, mais de 100 pessoas foram assassinadas. Os familiares dos militares impediram a saída dos polícias para as ruas, exigindo aumentos salariais para os agentes. Contudo, o Governo diz que esse aumento não é possível e fala em chantagem.

  • Ocorrências diminuíram mas a população do estado do Espírito Santo continua com medo
    4:52

    Mundo

    A correspondente da SIC no Brasil diz que, apesar da diminuição do número de episódios de violência no estado do Espírito Santo, a população continua com medo da situação que se vive devido à greve da polícia militar. Ivani Flora explica que, com a paralisação, o número de responsáveis pelo patrulhamento passou de 10 para dois mil homens. Até ao próximo sábado está prevista a chegada de mais mil elementos das forças armadas com experência em sistuações de conflito.

  • Militares em greve tentam chegar a acordo com Governo brasileiro
    1:55

    Mundo

    O Governo do estado do Espírito Santo, no Brasil, tem estado esta quinta-feira reunido com os familiares dos militares em greve. Em declarações à SIC Notícias, o vice-presidente da Associação de Cabos Soldados da Polícia Militar do Espírito Santo, Noé da Matta Ribeiro, considera que não vai ser fácil chegar a uma solução e lamenta que o Governo não invista nos militares. Por outro lado, o Governo diz que não é possível aumentar salários e fala em chantagem.

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17