sicnot

Perfil

Mundo

Nova ronda de negociações de paz prevista para a próxima semana em Astana

O Governo sírio e grupos rebeldes armados foram de novo convocados para negociações de paz nos dias 15 e 16 de fevereiro em Astana, anunciou este sábado o Ministério dos Negócios Estrangeiros do Cazaquistão.

"Foi decidido manter as próximas negociações de alto nível para resolver a situação na Síria nos dias 15 e 16 de fevereiro", anunciou em comunicado o ministério.

O Governo sírio, representantes da oposição armada e o enviado especial da ONU (Organização das Nações Unidas), Staffan de Mistura, devem participar nas conversações, patrocinadas pela Rússia, Turquia e Irão.Segundo o ministério, esta ronda de negociações vai contar ainda com a participação de uma delegação jordana e de delegados norte-americanos, que estarão presentes como observadores.

O respeito pelo cessar-fogo e medidas de estabilização da situação em determinadas regiões sírias vão estar na agenda das negociações.

Estas negociações na capital do Cazaquistão seguem-se a uma primeira ronda de conversações que decorreu no mês passado e que terminou sem avanços significativos quanto à resolução de um conflito que já fez mais de 310 mil mortos desde que começou, em 2011.

Lusa

  • Atrás das Câmaras em Mirandela
    2:36

    Atrás das Câmaras

    A SIC está a percorrer o pais para ouvir as historias dos municípios e dos eleitores. Até às autárquicas, o programa opinião pública dá lugar ao Atrás das Câmaras, que hoje está em Mirandela, no distrito de Bragança, como conta a repórter Catarina Lázaro.

    Hoje na SIC e SIC Notícias

  • Ambiente e direitos humanos dominam discurso de Costa na ONU
    2:03
  • "Não é possível fazer tudo ao mesmo tempo"
    0:39

    Orçamento do Estado 2018

    O deputado e economista do PS Paulo Trigo Pereira defende que o desagravamento fiscal que o Governo quer pôr em marcha é "moderado". Em entrevista ao Público e à Renascença, o socialista diz que é preciso realismo e que é uma "alquimia" mexer ao mesmo tempo nas carreiras, pensões e rendimentos dos trabalhadores.

  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15