sicnot

Perfil

Mundo

Maduro anuncia plano para ganhar a "guerra do pão" na Venezuela

© Handout . / Reuters

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou este domingo que o Governo vai implementar um plano para ganhar "a guerra do pão", um bem atualmente escasso no país, o que tem motivado longas filas junto às padarias, principalmente em Caracas.

"A federação dos padeiros de Caracas declarou guerra ao povo e tem o povo a fazer filas [...] , já estamos há meses nisto", afirmou o Presidente no seu programa semanal na televisão, adiantando que propôs "um plano especial para ganhar a guerra do pão" e acabar com as filas.

Maduro anunciou a intenção de abrir 10.000 padarias artesanais em todo o país com a ajuda dos chamados 'comités locais de abastecimento e produção', um programa governamental para entregar alimentos com preços mais baixos.

Em outubro passado, Maduro tinha afirmado que o seu homólogo russo, Vladimir Putin, lhe deu apoio para vencer "as máfias" da panificação, que, segundo o Presidente venezuelano, operam no país.

Seria também concluído um acordo para garantir ao país todo o trigo necessário.

Os padeiros queixam-se de dificuldades na obtenção de matéria-prima, decorrentes dos controles do Estado no acesso a divisas para a importação, enquanto o executivo insiste que está a chegar farinha em quantidade suficiente e atribui as filas a um boicote ao Governo.

Lusa

  • Hoje o Primeiro Jornal está em Leiria
    1:13
  • Segunda vaga de incêndios queimou 28 mil hectares
    1:09

    País

    A segunda vaga de fogos que assolou o país queimou 28 mil hectares do território nacional, em apenas cinco dias. Segundo o Sistema Europeu de Incêndios, a área ardida equivale a quase três concelhos de Lisboa.

  • Bigode de Salvador Dalí está intacto, às "10 para as 10"

    Cultura

    O corpo do pintor surrealista catalão foi ontem exumado no Teatro-Museo de Figueres, por ordem de um tribunal de Madrid, para um exame de determinação de paternidade de Pilar Abel, que alega ser filha do artista. O pintor que morreu há 28 anos foi embalsamado e mumificado pelo que o corpo continua preservado e o famoso bigode levantado.

  • Mulher do primeiro-ministro japonês "é uma mulher fantástica mas não fala inglês"
    0:35

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos falou pela primeira vez sobre o segundo encontro que manteve com Vladimir Putin, durante a Cimeira do G20, em Hamburgo. Donald Trump explica que a conversa com o Presidente russo resultou de uma troca de lugares durante um jantar. Trump ficou ao lado da mulher do primeiro-ministro japonês, que não saberia falar inglês, e Melania estava sentada ao pé do Presidente da Rússia, Vladimir Putin.

  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26