sicnot

Perfil

Mundo

Avalanche nos Alpes franceses faz pelo menos quatro mortos

A pista de esqui de Tignes, em França, foi atingida por uma avalancha. Pelo menos quatro pessoas morreram. Outras cinco estão desaparecidas.

De acordo com as autoridades, cinco pessoas estão desaparecidas. No local, estão várias equipas de socorro à procura de sobreviventes.

A imprensa francesa adianta que o alerta para a avalancha foi dado por volta das 11:00, hora local (10:00 em Lisboa).

As cinco pessoas que estão desaparecidas serão esquiadores que estavam na montanha a 2.100 metros de altitude.

O grupo atingido pela avalancha era constituído por oito esquiadores e um guia. Ainda não foram confirmadas as nacionalidades de todas as vítimas, mas a polícia local adianta que os quatro mortos são franceses.

De acordo com a BBC, esta estância de esqui é muito frequentada por turistas britânicos.

Esta é uma zona na qual este tipo de acidentes é frequente. Só este inverno já morreram três pessoas em acidentes de esqui. No ano passado, o balanço de vítimas deste tipo de ocorrências nos Alpes e nos Pirinéus foi de 21 mortos.

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar diretamente a polémica em torno da lista das vítimas mortais de Pedrógão Grande, mas recorreu às cheias de 1967 para lembrar como as tragédias eram tratadas no tempo da ditadura. O Presidente da República defendeu que não é possível esconder a dimensão de uma tragédia num regime democrático. Há 50 anos, Marcelo Rebelo de Sousa acompanhou de perto a forma como o regime tentou esconder a verdadeira dimensão do incidente.

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • "Comecei por ajudar uma família que me pediu um plástico para se proteger"
    4:51
  • Míssil lançado do Iémen intercetado perto de Meca

    Mundo

    Um míssil balístico lançado pelos rebeldes xiitas do Iémen foi intercetado, quinta-feira à noite, perto de Meca, na Arábia Saudita, a um mês da peregrinação muçulmana anual do hajj, anunciou a coligação árabe que intervém no Iémen.