sicnot

Perfil

Mundo

Conselho de Segurança reúne-se de emergência sobre míssil da Coreia do Norte

© Eduardo Munoz / Reuters

O Conselho de Segurança das Nações Unidas terá esta segunda-feira uma reunião de emergência após a Coreia do Norte ter anunciado o lançamento de um míssil balístico no domingo, um teste visto como um desafio ao Presidente norte-americano.

A reunião deverá ocorrer pelas 17:00 locais (22:00 em Lisboa), na sequência de um pedido pelos Estados Unidos, o Japão e a Coreia do Sul.

A Coreia do Norte está proibida, por resoluções da ONU, de realizar lançamentos de mísseis balísticos ou testes de armas nucleares.

No entanto, no ano passado, o país realizou dois testes nucleares e numerosos lançamentos de mísseis numa tentativa de desenvolver um sistema de armas nucleares capaz de atingir solo norte-americano.

O último míssil, que Pyongyang diz ser capaz de transportar uma ogiva nuclear, voou cerca de 500 quilómetros antes de cair no Mar do Japão, segundo o Ministério da Defesa da Coreia do Sul.

No domingo, Kim Jong-Un "exprimiu grande satisfação pela posse de outro meio de ataque nuclear que se junta ao enorme poder do país", segundo noticiou a agência oficial KCNA, citada pela France-Presse.

Na sequência do lançamento, "os Estados Unidos, o Japão e a República da Coreia solicitaram consultas urgentes sobre o lançamento de míssil balístico pela República Popular Democrática da Coreia", afirmou um porta-voz da missão norte-americana na ONU, citado pela Agência France-Presse.

O lançamento do míssil foi inicialmente anunciado pela Coreia do Sul e já foi condenado pelo secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), Jens Stoltenberg.

O Presidente dos EUA, Donald Trump, e o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, reagiram ao ensaio de míssil exigindo que a Coreia do Norte pare com as provocações e garantindo que Washington e Tóquio estão juntos "a 100%".

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20

    País

    Dois jovens com cerca de 20 anos foram ao final da tarde deste sábado atropelados mortalmente na freguesia de Arazede, concelho de Montemor-o-Velho. O repórter da SIC Miguel Ângelo Marques falou com o segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho, Rui Coceiro, que revelou que as vítimas foram declaradas mortas ainda no local.

  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07