sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 180 mil pessoas retiradas devido ao risco de colapso de uma barragem na Califórnia

© Handout . / Reuters

Mais de 180 mil pessoas foram retiradas das suas casas a norte da Califórnia, nos Estados Unidos, devido aos danos causados pelas fortes chuvas na barragem de Oroville. O nível das águas subiu drasticamente e a estrutura terá começado a ceder devido à força das correntes. Em 50 anos de existência, esta é a primeira vez que se regista uma situação de emergência na barragem de Oroville.

As autoridades emitiram um alerta, através das redes sociais, no domingo à tarde, a avisar a população residente na zona do Lago Oroville para deixarem as suas casas. "Não é um simulacro", sublinhou o xerife da região no comunicado divulgado através das redes sociais.

O Serviço Meteorológico Nacional emitiu também um aviso de inundação devido ao risco "potencial" colapso de uma seção da barragem, situada a cerca de 250 quilómetros a nordeste de São Francisco.

Os residentes nas localidades de Oroville, Palermo, Gridley, Thermalito, South Oroville, Oroville Dam, Oroville East e Wyandotte foram, assim, aconselhados a deixar as suas casas.

O diário Los Angeles Times informou que a causa do alerta foi a descoberta de uma fissura, com as autoridades a tentarem tapar o buraco com sacos de pedras e a tentarem reduzir o nível de água da barragem de Oroville para diminuir a pressão.

  • Atentado "falhado" em Nova Iorque
    1:43

    Mundo

    Uma explosão numa das zonas mais movimentadas de Manhattan fez quatro feridos, esta segunda-feira. Entre eles está o homem que transportava o engenho e que foi entretanto detido.

  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.

  • 10 Minutos com Leonor Beleza
    10:27

    10 Minutos

    A nossa convidada desta segunda-feira ainda é conhecida por ter sido ministra da Saúde e pelo seu trabalho à frente da Fundação Champalimaud. Mas desta vez vamos falar com Leonor Beleza sobre os 40 anos da revisão do Código Civil, em que esteve envolvida.

    Entrevista completa