sicnot

Perfil

Mundo

Neurónios estão sempre a arranjar "planos B" para concretizar movimentos

(Arquivo)

Os neurónios que coordenam o movimento estão sempre a elaborar "planos B" e preparam os músculos para várias ações, mesmo antes de qualquer tomada de decisão, segundo um estudo de cientistas canadianos.

Seja a conduzir ou a escolher as compras no supermercado, o cérebro está sempre a dar ordens de movimento ao corpo e, a nível inconsciente, prepara os músculos para agir de várias maneiras, antecipando os cenários possíveis, de acordo com o estudo, publicado na publicação especializada Cell Reports.

Por exemplo, quando um jogador de futebol se dirige para a baliza, tem de evitar os defesas da outra equipa e achar o espaço certo para rematar e marcar golo.

Quando confrontado com duas aberturas possíveis, numa fração de segundo, a parte do cérebro que coordena o movimento dá ordem aos músculos para agirem das duas maneiras, de modo a que se uma não resultar, o jogador está pronto a seguir a segunda opção e rematar.

"Como os dois planos de ação já estão prontos, podemos mudar de um para outro, o que torna o tempo de reação mais rápido", afirmou Jason Gallivan, da Queen's University de Ontario, no Canadá.

Há muito tempo que os neurocientistas estudam o que é que se faz primeiro: decidir qual o alvo a atingir ou o plano para lá chegar. Seja no campo de futebol ou na vida quotidiana, as decisões sobre o movimento acontecem tão rapidamente que é difícil destrinçar.

Os cientistas canadianos concluíram que o cérebro está sempre a apreender o mundo como uma série de ações possíveis e objetos com os quais se pode interagir, arranjando constantemente planos alternativos para as várias possibilidades.

Lusa

  • Passos explica porque se sentiu irritado com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o Presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas de que foi alvo.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.