sicnot

Perfil

Mundo

Polícia francesa investiga morte de emigrante portuguesa

A polícia francesa abriu uma investigação para determinar as causas da morte de uma emigrante portuguesa encontrada sem vida na sua casa, na sexta-feira, na localidade de Sémeries, perto da fronteira com a Bélgica.

"Há uma investigação para determinar as causas da sua morte como é normal nestes casos", indicou à Lusa fonte da esquadra de polícia de Avesnelles, na região de Hauts-de-France, no norte de França.

A polícia francesa confirmou à Lusa que se trata de Ana Licata, uma portuguesa de 52 anos nascida em Lisboa, que "vivia muito à margem da sociedade" e que "pediu para lhe cortarem a água e a eletricidade na sua casa", que "saía muito pouco" e que "era uma pessoa com pouco contacto com o exterior".

"Ela saía muito pouco mas quando o fazia era de uma forma muito regular. Foram pessoas da localidade que ficaram preocupadas por não a verem na "friterie" [loja de frituras] , ligaram aos bombeiros para ir a sua casa e encontraram-na morta. Foi encontrada na sexta-feira, mas não lhe posso dizer quando é que morreu", afirmou a mesma fonte à Lusa.

Ana Licata era casada mas vivia separada, de acordo com a polícia. Segundo o jornal La Voix du Nord, a portuguesa morava sozinha e residia na pequena localidade de Sémeries há cerca de 20 anos.


Lusa

  • Primo de Sócrates já foi notificado
    1:48
  • Santana Lopes espera mais diálogo com António Costa
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes espera que o primeiro-ministro dialogue mais com o novo líder do PSD do que o que tem dialogado com Passos Coelho. O candidato à liderança dos social-democratas criticou ainda Rui Rio por ainda não se ter mostrado disponível para um debate.

  • Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos
    0:37

    País

    Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos com assento parlamentar e não apenas com o Governo. As declarações do candidato à liderança do PSD surgiram em resposta a António Costa que, em entrevista, disse que acredita que a relação com os social-democratas vai melhorar com a nova liderança.

  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.