sicnot

Perfil

Mundo

Atentado em Bagdade com carro armadilhado faz pelo menos 40 mortos

© Wissm Al-Okili / Reuters

Pelo menos 40 pessoas morreram e outras 61 ficaram feridas hoje num atentado com um carro armadilhado na zona sudeste da capital do Iraque, informou a polícia local.

Devido à grande dimensão da explosão, um responsável da polícia referiu que os serviços de emergência médica alertaram que o número de vítimas pode vir a aumentar.

O veículo explodiu dentro de um concessionário de automóveis no bairro de Bayaa e provocou danos materiais, tanto nos edifícios em redor como em vários carros.

Até ao momento, o ataque não foi reivindicado por nenhum grupo ou movimento.

A mesma fonte acrescentou que as forças de segurança iraquianas conseguiram hoje desativar explosivos que se encontravam num carro estacionado numa garagem no bairro de Sadr City, uma área bastante populosa de maioria xiita localizada na zona leste de Bagdade.

Na terça-feira, um outro veículo explodiu no bairro de Bayaa, provocando a morte de três pessoas e ferimentos em outras 10.

Este novo atentado acontece dois dias depois de milhares de pessoas se terem manifestado no centro de Bagdade por causa da morte de vários civis em confrontos com as forças de segurança iraquianas. No sábado passado, vários manifestantes, a maioria apoiante do movimento do líder radical xiita Moqtada al-Sadr, entraram em confronto com as forças policiais.

Desde o início do ano, Bagdade e outros locais no Iraque têm sido cenário frequente de vários atentados terroristas. Ao mesmo tempo, o exército iraquiano e outras forças combatem o grupo extremista Daesh em Mossul, no norte do país.

Lusa

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05