sicnot

Perfil

Mundo

Procuradoria francesa vai prosseguir a investigação do Caso Fillon

© Christian Hartmann / Reuters

A justiça francesa anunciou esta quinta-feira que vai prosseguir o inquérito que visa François Fillon, candidato da direita às presidenciais em França, suspeito de ter beneficiado a própria mulher com um emprego fictício.

"As investigações vão continuar", refere um comunicado da Procuradoria francesa acrescentando que as provas ainda estão a ser recolhidas.

O relatório da polícia sobre o suposto emprego fictício de Penelope Fillon, casada com o candidato da direita francesa às presidenciais de 23 de abril, foi enviado na quarta-feira para a Procuradoria.

O inquérito preliminar, com data de 25 de janeiro, e que partiu de notícias publicadas na imprensa, indica que alegadamente foram utilizados fundos públicos na contratação fictícia de Penelope Fillon como assistente parlamentar do marido.

O caso afetou a popularidade de Fillon que foi ultrapassado pela candidata da extrema-direita Marine Le Pen e perlo centrista Emmanuel Macron, nas intenções de voto dos eleitores franceses.

Lusa

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.